Olá!
Se muito bem vindo/a ao Fórum Português dos Tokio Hotel.
Ainda não te encontras registado/a ?
Do que esperas?
Junta-te a nossa comunidade de fãs, e diverte-te ;)

Caso tenhas alguma duvida em registar-te clica em FAQ e tira as tuas duvidas !!

Diverte-te!


Ass; Administração do Fórum.



 
InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seMembrosConectar-se

Compartilhe | 
 

 Dangerous World 2 ~ 34 ~ último

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
sara_
super fã TH 3 *
super fã TH 3 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 471
Idade : 24
Hobbys : Dormir :)
Data de inscrição : 16/06/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill
Qual a tua Musica Favorita?: dunno

MensagemAssunto: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Ter Mar 17, 2009 11:46 pm

Título: Dangerous World 2 [Dangerous World 1]
Tipo: Por capítulos
Género(s): Drama, Acção, Romance
Pairing(s): Bill/PFO, Tom/PFO, PMO/PFO
Classificação: PG-13
Avisos: Como devem saber, o Bill vai estar bastante tempo ausente nesta temporada, aparecendo, talvez, apenas em flashbacks – e mais não digo sobre este assunto.
Disclaimer: Nada disto aconteceu, os Tokio Hotel não me pertencem e isto é apenas ficção, qualquer parecença com a realidade é pura coincidência. A única coisa que me pertence é a história em si e as personagens originais que nela entram.




Sinopse

Trailer

O tempo passa. Mesmo quando tal parece ser impossível. Mesmo quando cada tiquetaque do ponteiro dos segundos dói com um palpitar do sangue sob a ferida. Passa de forma irregular, em estranhos avanços e pausas que se arrastam. Mas, lá passar, passa. Até para mim.


Lua Nova, Stephenie Meyer


Quando te tiram tudo o que te mantinha vivo, o que fazes? Esqueces-te de viver, esqueces-te de respirar, esqueces-te de quem és e mergulhas num mundo de mentiras e traições.
Vives, mas não sabes como;
Sonhas, mas não sabes porquê;
Então, porque continuas?
Num simples acto de masoquismo continuas a respirar, continuas a sentir a tua pulsação, continuas a sorrir e repeles cada lágrima que prometeste nunca mais derramar, continuas a lutar, continuas a sonhar e o poder da vingança apodera-se de ti.
Quando te tiram tudo o que te mantinha vivo, o que fazes então?
Dangerous World II, drama, sofrimento, acção e, o mais importante de tudo, a luta incansável pelo amor. Um ciclo vicioso onde só os mais fortes vencerão. A continuação de uma história onde o mundo em que vivemos se torna ainda mais perigoso. E agora, a derradeira questão:

Vais-te deixar apanhar?


Spoiler:
 


Última edição por sara_ em Dom Ago 09, 2009 5:52 pm, editado 35 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
chris21
Colaboradora gráfica
Colaboradora gráfica
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 2543
Idade : 29
Localização : Vila Nova de Gaia
Profissão : Estudante
Hobbys : Dança(hip hop); ler; ouvir música
Data de inscrição : 02/05/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill
Qual a tua Musica Favorita?: In die nacht

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Qua Mar 18, 2009 12:10 am

WOOOW tunz tunz Oyee

FESTA!!!!!

A Sara vai começar a postar a fic brevemente!!!

Não percam!
Está fantástica!!!!!

Küss***
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chris21.blogs.sapo.pt/
catty_liebe*.*tom&kir
Fã TH 2 *
Fã TH 2 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 104
Idade : 23
Localização : numa casa de fantasmas *.*
Profissão : estudante
Hobbys : ouvir musica, ver videos fotos tudo que esteja ligado com os TH e sobretudo com o TOM *.*
Data de inscrição : 30/01/2009

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: tommy
Qual a tua Musica Favorita?: tds

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Qua Mar 18, 2009 12:55 am

uih uih.....
isto promete se os capitulos forem tao bons como a apresentação......hmm Oyee
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lisete
Super Mega fã dos Tokio Hotel
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 16424
Idade : 26
Localização : Im Bett, unter dem Tom
Profissão : Babysitting do Tom
Hobbys : Janine und ihr Vater *.*
Data de inscrição : 28/03/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Kaulitz SexGott
Qual a tua Musica Favorita?: Geisterfahrer *.*

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Qua Mar 18, 2009 1:10 am

Adorei a apresentaçao
Arrepiou-me

Fico à espera do 1º capitulo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lisasgc.hi5.com/
nathyk***
Mega fan dos Tokio Hotel 4 *
Mega fan dos Tokio Hotel 4 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 1362
Idade : 26
Localização : irgendwo in meiner Phantasie
Profissão : Schüler und Freund von th
Hobbys : und nicht Hobby und Hingabe! Ich liebe die TH
Data de inscrição : 21/06/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: bill
Qual a tua Musica Favorita?: a primera que ouvi foi love is dead(totgeliebt) e nao consigo deixar de gostar dez de entao, mas igualmente adoro sacred e vegessene kinder!!

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Qua Mar 18, 2009 1:57 am

Ja me perguntava quando postavas a 2 temporada desta fic XD


claro que vou acompanhar e bem de perto tudo que aqui se passar fico a espera
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
sara_
super fã TH 3 *
super fã TH 3 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 471
Idade : 24
Hobbys : Dormir :)
Data de inscrição : 16/06/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill
Qual a tua Musica Favorita?: dunno

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Sab Mar 28, 2009 12:28 am

Hey :)
Sim, vim mais cedo, porque afinal não tenho a certeza se estou disponivel para postar este fim de semana. Quero agradecer a todas as meninas que comentaram, obrigada, e espero que gostem desta segunda parte.
Tenho-vos a informar que já tenho 16/17 capitulos, nas férias vou-me dedicar a escrever. Por enquanto, vou fazer como disse no primeiro post, um capitulo por semana. Sendo assim, o próximo capitulo é só na sexta, ou algo do género.
Talvez ainda venha aqui responder aos comentários, mas para isso, preciso que comentem, sim? Vá lá, quero opiniões, desde coisas boas a críticas! Os comentários fazem-me feliz *.*
Mas, antes do capítulo, tenho de falar sobre uma coisa muito séria. Hoje tive a infeliz informação de que algumas fic's e shot's e têm sido plagiadas. Já estive a fazer investigação e não encontrei nada que se refira a esta fic ou a outra qualquer criação minha. Estou a dizer isto porque agradeço que me comuniquem se encontrarem algo meu noutro sitio que não tenha sido eu a postar, eu nos fóruns que frequento tenho sempre este nick, sara_. A partir do momento em que descobrir algo, deixo de postar a fic porque, como podem imaginar, não é uma boa sensação ver o nosso trabalho ser apresentado por outras pessoas, quando essas pessoas dizem que o trabalho é da sua autoria. Espero que compreendam e que me ajudem com este assunto. Com esta conversa, pretendo também alertar outras escritoras que por aqui andem a ler :)
E agora, o capitulo ^^




- 1 -


Setembro de 2014


- Parabéns a você, nesta data querida, muitas felicidades, muitos anos de vida (…)

A voz dele ecoa pela casa no seu timbre infantil e animado. Ainda é cedo mas ele já está bastante desperto a cantar os parabéns ao aniversariante. Observo os dois a brincar alegremente da entrada do quarto. O tempo passou, demorou a passar, e continua a demorar. Já é o quarto aniversário sem ele, a vontade de festejar tornou-se nula e agora apenas o fazemos por ele – sem dúvida o que me faz continuar a lutar.

- Vá lá Mathew, já chega, deixa o tio descansar…
- Mas eu quero brincar com ele… Posso?
– pergunta-lhe ele com a sua face angelical, já sei qual vai ser a resposta, ele não lhe consegue dizer que não.
- Claro que podes Math! – diz ele, sorrindo. Mathew olha para mim e mostra-me a língua, acabando por abraçar Tom irradiando alegria.

Acabo por sorrir, um sorriso incompleto. Já passou tanto tempo… Quatro anos sem ele, quatro anos sem o ver, sem o sentir… Naquele dia, o mundo desabou aos meus pés. Fiquei sem saber o que fazer com a minha vida, foi como se tal coisa já não existisse. Depois do choque, dei por mim a pensar. Eu ainda tinha um motivo para viver, um motivo bastante válido. Esse motivo, crescia dentro de mim e era, de certa forma, a maior recordação que eu poderia ter do Bill - um filho dele, o Mathew.
Mesmo assim, custa-me olhar para o meu filho, custa-me tentar explicar porque razão nunca viu o pai dele, porque ele nunca está em casa, porque nunca ligou para falar com ele, porque nunca lhe deu presentes quando faz anos e no Natal… Felizmente, ele parece perceber o que lhe digo. Limito-me a dizer-lhe que uns senhores levaram o pai e que ele volta quando estiver tudo resolvido, ele nunca faz mais perguntas, acho que se apercebe do quão triste fico quando se fala no assunto.
O Tom tem sido um ponto crucial na minha vida. Quando o Mathew nasceu, ele mudou-se para o mesmo prédio que eu, no entanto, é como se vivesse em minha casa. Sei que ele, mais do que toda a gente, sente a falta do Bill, é como se tivesse perdido uma parte dele e, com o Mathew, tivesse preenchido uma pequena porção daquele vazio existente no seu ser. É por isso que ele se “mudou” para cá, para se sentir mais perto do sobrinho, mais perto do irmão.

Deixo as minhas reflexões de lado e olho para ambos. O Tom não mudou muito, continua com as suas rastas e com o seu piercing, apenas as suas feições ficaram mais acentuadas e agora já passa mais tempo com a barba por fazer. Como já era previsível, os Tokio Hotel acabaram. Eles preferiram mentir às fãs, dizendo que já não aguentavam a pressão e que o Bill estava com um esgotamento. É claro que foi um choque para a toda a gente, mas eles quiseram proteger-me e, acima de tudo, proteger aquela criança que brinca animadamente com o Tom de cima da cama.

- Podes ir Sara, eu fico com ele. Hoje não tenho aulas para dar. – Tom sorri e transmite-me aquele olhar que me pede para confiar nele. Agora ele dá aulas de música num colégio em Berlim, é a forma que ele encontrou de se sentir útil. Mesmo assim, costuma fazer algumas sessões fotográficas para marcas conceituadas, não é que ele goste muito, mas sempre anda distraído.
- Math, vem dar dois beijinhos à mãe e já voltas para junto do tio está bem?

Ele pára de saltar na cama e corre para mim, abraça-me e deposita um beijo demorado na minha face. Sorrio e fico a contemplar por uns segundos o sorriso que ele me retribui. É incrivelmente parecido com o Bill. As suas feições são quase como uma fotocópia do Bill e do Tom quando tinham a idade dele, o seu cabelo louro desgrenhado completa-se com os seus olhos castanho-esverdeado – que herdou de mim – e as poucas sardas que lhe cobrem a face fazem-no parecer um anjo. Para mim, ele é um.
Eu não mudei muito, tenho apenas mais uns anos e faço o que sempre quis, faço umas horas no hospital de Berlim, graças ao Tom, à Lú, à Ann e ao Jay acabei o curso de medicina. Quer dizer, ainda não está bem acabado, mas já me permite trabalhar na área.

A Ann continua a frequentar a minha casa. Ela e o Tom continuam a sair quando podem – a Ann voltou para a Rússia para me ajudar. A Lú e o Jay vivem no apartamento ao lado, somos inseparáveis e a Lú acabou por desistir de Bioquímica para se dedicar à fotografia. O Jay continua a trabalhar na área do desporto e agora faz uns trabalhos como modelo fotográfico.

Parece que todos estão felizes, mas não. De certa forma, mantemos uma fachada e escondemos segredos. Muitos segredos, demasiados até. Mas quem não os tem? É preciso proteger os que me rodeiam, é preciso protege-lo. Não posso permitir expor a minha vida a mais pessoas, não posso permitir que mais alguém sofra pela vida que tenho, pelo que sou.

Tiraram-me o que me mantinha viva, mas descobri outra razão de viver. E essa, pertence ao presente e futuro, é um segredo bem guardado que apenas as pessoas que me rodeiam – ou melhor, uma parte delas – me ajuda a guardar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
chris21
Colaboradora gráfica
Colaboradora gráfica
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 2543
Idade : 29
Localização : Vila Nova de Gaia
Profissão : Estudante
Hobbys : Dança(hip hop); ler; ouvir música
Data de inscrição : 02/05/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill
Qual a tua Musica Favorita?: In die nacht

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Sab Mar 28, 2009 12:42 am

Está lindo Sara!
Sabes que amo o que escreves. Cada palavra, cada frase.
Por isso sou a tua beta-reader! :P
Pois é, eu já li os capitulo'zinhos todos. :D

Continua, liebe!

À parte:
A informação que ela recebeu sobre o plágio de fics e shots partiu de mim. Pois é, plagiaram uma das minhas one shots, eu digo uma porque foi a que descobri. Não sei se não existirão mais shots, ou até fics, minhas plagiadas por aí.

Fiquem alerta por favor. Avisem se virem alguma coisa minha sem ter o meu nick, que uso sempre, em todo o lado (chris21).

Küss***
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chris21.blogs.sapo.pt/
Lisete
Super Mega fã dos Tokio Hotel
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 16424
Idade : 26
Localização : Im Bett, unter dem Tom
Profissão : Babysitting do Tom
Hobbys : Janine und ihr Vater *.*
Data de inscrição : 28/03/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Kaulitz SexGott
Qual a tua Musica Favorita?: Geisterfahrer *.*

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Sab Mar 28, 2009 1:01 am

Adorei o 1º capitulo
A imagem do Tom a brincar com o sobrinho derreteu-me toda
*.*

Já passaram quatro anos e o Bill ainda nao apareceu
OMG
O que será que andam a fazer com ele?

Continua, sim?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lisasgc.hi5.com/
●MakiKatty●
Mega fan dos Tokio Hotel 4 *
Mega fan dos Tokio Hotel 4 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 1374
Idade : 19
Localização : Leiria
Profissão : estudante
Hobbys : Tokio Hotel
Data de inscrição : 07/07/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill Kaulitz
Qual a tua Musica Favorita?: todas, adoro todas!!!!!!!!!!!!!!!!!!

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Sab Mar 28, 2009 2:39 pm

Wooo
OMG!!
Amei!!!
Continua, pf!!
Küss tunz tunz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://catarinathth.hi5.com
nathyk***
Mega fan dos Tokio Hotel 4 *
Mega fan dos Tokio Hotel 4 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 1362
Idade : 26
Localização : irgendwo in meiner Phantasie
Profissão : Schüler und Freund von th
Hobbys : und nicht Hobby und Hingabe! Ich liebe die TH
Data de inscrição : 21/06/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: bill
Qual a tua Musica Favorita?: a primera que ouvi foi love is dead(totgeliebt) e nao consigo deixar de gostar dez de entao, mas igualmente adoro sacred e vegessene kinder!!

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Sab Mar 28, 2009 5:09 pm

Oyee Oyee Oyee Oyee Oyee Oyee Oyee


cap da fic da sara XD


adorei continua ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
sara_
super fã TH 3 *
super fã TH 3 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 471
Idade : 24
Hobbys : Dormir :)
Data de inscrição : 16/06/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill
Qual a tua Musica Favorita?: dunno

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Sex Abr 03, 2009 5:09 pm

Are you ready to read the second? xD
Não acredito que a primeira semana de férias está a acabar x____x Tipo, podia ser 3 semanas, right? (não é que eu tenha razão de queixa porque eu até tenho 3 semanas de férias *obrigada viagem de estudo a França*)
So, como não estou a dizer nada de jeito vamos mas é ao capitulo que é isso que vocês querem. E, por incrivel que pareça, não vou falar mal do capitulo, há pessoas que andam a "conspirar" contra mim e contra o meu problema crítico com o que escrevo xD



- 2 -


- Então o que temos aqui? – pergunto à pequena criança que se encontra sentada à minha frente, do outro lado da secretária, com a sua mãe ao lado.

Não faço muitas coisas no hospital, limito-me a estar nas urgências sempre que é preciso a atender os casos menos graves. Mesmo assim, gosto do que faço, mas não deixa de ser irónico – ter o poder de salvar e tirar vidas.
A pequena menina de cabelos louros e olhos verdes soluça, agarrada ao braço. A sua mãe olha-me preocupada, aquela preocupação característica que as mães têm a mania de ter. Pego no envelope rectangular que contem as radiografias e levanto-me, de modo a analisar a fractura do braço da pequena.

- Não está muito mau, mas convém ter cuidado. – viro-me para a senhora e sorrio – Ela fica bem, não se preocupe. Agora vai com o meu colega – digo, acenando na direcção do rapaz que se encontra à porta – para lhe colocar o gesso e quando fizer um mês volta cá para tirar.
- Muito obrigada Doutora.
- Ora essa, ainda não sou doutora! E só fiz o meu trabalho.
– tiro um chupa chupa da gaveta e entrego-o à menina, que o aceita, sorrindo. Retribuo o sorriso e vejo-as sair do gabinete.

Recosto-me na cadeira e suspiro. Acordei desejando que o dia passasse rápido, como desejo todos os anos neste dia, mas tal nunca aconteceu. Parece que as horas ganham mais minutos do que aqueles que era suposto terem. Parece que o dia nunca vai acabar…
Olho para o relógio pela enésima vez desde que me sentei nesta cadeira e suspiro novamente ao aperceber-me que o meu turno está quase a acabar. Pelo menos, sentir-me útil ao ajudar cada pessoa que se senta à minha frente, faz-me esquecer por breves momentos que dia é hoje – faz com que se torne um dia como tantos outros.

Um leve bater na porta faz-me despertar e endireito-me rapidamente, ao mesmo tempo que um “entre” sai da minha boca. Ao ver quem entra, encosto novamente as costas à cadeira confortável e suspiro.

- Se quiseres podes ir embora Sara. Eu fico aqui… - Cooper senta-se numa das cadeiras do outro lado da secretária.
- Deixa estar, não é preciso… Eu fico até ao fim…
- Não é preciso ficares… Vai para casa, já fizeste muito aqui hoje. O Math está à tua espera…
- levanta-se e aproxima-se de mim, vira a cadeira e baixa-se, de forma a ficar à minha altura.

Cooper, ou Coop, como era tratado pelos amigos mais próximos, era um dos poucos que tinham optado pela mesma coisa que eu. Tínhamos começado a universidade juntos e nunca mais nos largámos. Ele era filho de pais ingleses que tinham imigrado para a Alemanha, tinha uma pele pálida, cabelo curto castanho e olhos igualmente castanhos. Não era muito atlético, era um pouco magro até. Ele tinha-me ajudado bastante na altura em que estava grávida do Mathew e vi-me obrigada a contar-lhe quem era o pai e o que se tinha passado – ou melhor, apenas metade do que se tinha passado.

- A sério, eu aguento mais um bocadinho…
- Oh, vai lá… Vai descansar, eu sei que este dia é difícil para ti, e o Tom precisa de ti… o Mathew também…
- Está bem… És tão teimoso Coop!
- Dizem que sim… Vá, despacha-te. Não tinhas de ir jantar a casa da Simone?
- Eish, já nem me lembrava disso… Tens a certeza que fica tudo bem?
- Sim, vai lá…


Despedi-me dele com um beijo na face e saí um pouco apressada do hospital. Já dentro do meu mini cooper – o meu carro desde sempre – acelerei, de forma a chegar a casa o mais rápido possível.

Pelos vidros do carro vejo os vários transeuntes a andar apressados pelas ruas da cidade. As suas expressões preocupadas e aquela espécie de membrana que caracteriza os alemães como um povo frio – coisa que eu sempre achei ser mentira – fazem-se notar em cada face que consigo perscrutar à velocidade a que me desloco.
Depois de tantos anos a viver na Alemanha, fiquei a compreender melhor a maneira de pensar dos alemães. Muitas das pessoas que se passeiam atarefadas pelas ruas estão de regresso às suas casas depois de um longo e cansativo dia de trabalho, estão a regressar para uma família; certamente muitas delas têm filhos, acompanhantes, uma casa onde a felicidade é superior à solidão de não ter quem se ama perto… outros, regressam para casas vazias, sem vida, desabitada pelo único ser humano que vagueia por corredores abandonados, o único ser humano que apenas regressa no final do dia.
Eu, não me encontro em nenhum desses “grupos”. Eu volto para casa, mas, apesar de não ser uma casa vazia, é uma casa incompleta, onde cada habitante sente apenas metade de si mesmo.

Estaciono o carro junto à entrada do prédio e entro, melancólica, dirigindo-me para os elevadores. Encosto-me a uma extremidade e levanto o olhar, observando o reflexo de uma estranha no espelho. Apesar do reflexo se assemelhar bastante a mim, a cada dia que passa deixo de reconhecer aqueles traços que me pertencem. Chega até a ser assustador, de uma forma utópica. As olheiras distinguem-se na minha face pálida e de aspecto cansado, foram demasiadas noites em branco, demasiadas noites a estudar factos e investigações feitas nestes últimos quatro anos, noites sem dormir, com pesadelos, noites em que os sonhos me faziam acordar a chorar… noites sem estrelas, onde a estrela mais brilhante deixou de brilhar há muito tempo.

Assim que abro a porta sou recebida por Math, que se agarra às minhas pernas. Pego nele e sorrio-lhe, ele abraça-me e dá-me um beijo na face.

- Tive saudades tuas mãe… - diz-me ele, com os seus olhos grandes a brilhar e com uma expressão triste.
- Também tive saudades tuas puto – pouso-o no chão e ele vai a correr para Tom, sentando-se no seu colo. Pouso as minhas coisas de cima do sofá mais pequeno. – Ele portou-se bem Tom?
- Claro que portou! Estivemos a dormir os dois, ele com tanta brincadeira acabou por adormecer… depois apareceram o Georg e o Gustav para me darem os parabéns
– suspirou, contendo as lágrimas – e agora estávamos a ver um filme.
- Grande animação!
– olhei de soslaio para a televisão para ver de que filme se tratava e encolhi os ombros ao verificar que era o mesmo filme de sempre. – Vou tomar um banho para me arranjar, a tua mãe disse para não nos atrasarmos Tom…
- Não stresses… Nós os dois já estivemos a brincar na banheira, é só vestir. Vai-te lá arranjar descansada…
- voltei-me, caminhando para o meu quarto, mas a voz de Tom deteve-me – Ah, a Ann telefonou e disse que precisava de falar contigo.
- Eu depois ligo-lhe… está tudo bem com ela?
- Sim, ela continua na Rússia, quando falares com ela já ficas a saber as novidades…


Entrei no quarto e dirigi-me para a casa de banho. Deixei a imensidão de gotículas de água provenientes do chuveiro percorrerem cada traço de mim mesma, fechei os olhos e senti a água cair com intensidade na minha face de aspecto frágil e deixei as lágrimas soltarem-se dos meus olhos para se juntarem à imensidão que gotas, de modo que, se tal fosse possível, a dor de cada lágrima derramada diminuísse.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
chris21
Colaboradora gráfica
Colaboradora gráfica
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 2543
Idade : 29
Localização : Vila Nova de Gaia
Profissão : Estudante
Hobbys : Dança(hip hop); ler; ouvir música
Data de inscrição : 02/05/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill
Qual a tua Musica Favorita?: In die nacht

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Sex Abr 03, 2009 5:11 pm

sara . escreveu:
E, por incrivel que pareça, não vou falar mal do capitulo, há pessoas que andam a "conspirar" contra mim e contra o meu problema crítico com o que escrevo xD

Ah ah...Pois, essa pessoa sou eu... Aqui a BetaReader de serviço anda a tratar de convencer que escreves lindamente! Por isso, citando a outra ontem (eu)
"Cala-te e escreve!"


Citação :
Despedi-me dele com um beijo na face e saí um pouco apressada do hospital. Já dentro do meu mini cooper – o meu carro desde sempre – acelerei, de forma a chegar a casa o mais rápido possível.

Tu e o mini cooper o mini cooper e tu...lol

Citação :
Estaciono o carro junto à entrada do prédio e entro, melancólica, dirigindo-me para os elevadores. Encosto-me a uma extremidade e levanto o olhar, observando o reflexo de uma estranha no espelho. Apesar do reflexo se assemelhar bastante a mim, a cada dia que passa deixo de reconhecer aqueles traços que me pertencem. Chega até a ser assustador, de uma forma utópica. As olheiras distinguem-se na minha face pálida e de aspecto cansado, foram demasiadas noites em branco, demasiadas noites a estudar factos e investigações feitas nestes últimos quatro anos, noites sem dormir, com pesadelos, noites em que os sonhos me faziam acordar a chorar… noites sem estrelas, onde a estrela mais brilhante deixou de brilhar há muito tempo.

:sad1:


Citação :
Assim que abro a porta sou recebida por Math, que se agarra às minhas pernas. Pego nele e sorrio-lhe, ele abraça-me e dá-me um beijo na face.

So cute! :sweet:


Citação :
Entrei no quarto e dirigi-me para a casa de banho. Deixei a imensidão de gotículas de água provenientes do chuveiro percorrerem cada traço de mim mesma, fechei os olhos e senti a água cair com intensidade na minha face de aspecto frágil e deixei as lágrimas soltarem-se dos meus olhos para se juntarem à imensidão que gotas, de modo que, se tal fosse possível, a dor de cada lágrima derramada diminuísse.

Coitadinha da Sara...


Vá lá!
Toca a continuar que eu quero ler...Quer dizer as outras meninas querem saber desenvolvimentos desta fic, porque eu já quero saber desenvolvimentos muito posteriores a este...

Vá lá!!
Go on!

Küss***
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chris21.blogs.sapo.pt/
Lisete
Super Mega fã dos Tokio Hotel
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 16424
Idade : 26
Localização : Im Bett, unter dem Tom
Profissão : Babysitting do Tom
Hobbys : Janine und ihr Vater *.*
Data de inscrição : 28/03/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Kaulitz SexGott
Qual a tua Musica Favorita?: Geisterfahrer *.*

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Sex Abr 03, 2009 6:59 pm

Oh!
É tao triste o Bill nao estar ali
Descreves tao bem os sentimentos que chego mesmo a ficar com o coraçao apertado e as lagrimas quase a cair.

Tou a adorar
Continua
^.^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lisasgc.hi5.com/
nathyk***
Mega fan dos Tokio Hotel 4 *
Mega fan dos Tokio Hotel 4 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 1362
Idade : 26
Localização : irgendwo in meiner Phantasie
Profissão : Schüler und Freund von th
Hobbys : und nicht Hobby und Hingabe! Ich liebe die TH
Data de inscrição : 21/06/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: bill
Qual a tua Musica Favorita?: a primera que ouvi foi love is dead(totgeliebt) e nao consigo deixar de gostar dez de entao, mas igualmente adoro sacred e vegessene kinder!!

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Dom Abr 05, 2009 2:55 am

tadinha


sem o Bill com o filho


nunca se desiste de procurar a pessoa que se ama e com o passar do tempo a dor almenta :/

mas ela tem O FILHO O Tom e os amigos com ela

continua
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
sara_
super fã TH 3 *
super fã TH 3 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 471
Idade : 24
Hobbys : Dormir :)
Data de inscrição : 16/06/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill
Qual a tua Musica Favorita?: dunno

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Qui Abr 09, 2009 6:16 pm

Olá! ^^
Eu sei que ainda não é sexta feira mas possívelmente amanha não vou ter tempo para postar so, vim mais cedo. Hoje tenho uma pequenina informação, não sei se vão gostar... Então é assim, vocês sabem que eu vou andar a postar um capitulo por semana e tales mas ainda não sei se poderei postar para a próxima semana. E porquê, perguntam-me vocês. A razão para a possível ausencia de capitulo na próxima semana deve-se à viagem de estudo que tenho a França e Barcelona. Vou sair às 22:30 de quarta e só volto no domingo à noite, no entanto, vou tentar vir à net na quarta de tarde porque não tenho aulas e vou tentar postar, mas não prometo nada...
(afinal há mais informações xD) Então eu tenho a informar às queridesas (?) que lêem esta coisinha que já acabei o capitulo 19 (façam uma festa) e estou prestes a começar o 20, vou tentar adiantar ainda mais a fic para podermos então passar para os dois capitulos por semana.
Acho que não há mais nada para dizer, aqui têm o capítulo e obrigada por comentarem!
btw, não gosto deste, é palha --'




- 3 -

- Boa noite Gordon – sorri e cumprimentei o padrasto dos gémeos. Entrei naquela casa da qual tinha tão boas recordações uma vez mais sem ele, suspirei e desviei o olhar de uma foto dos gémeos que se encontrava no hall de entrada. – O Tom e o Math foram buscar o Jay e a Lú ao aeroporto, devem estar aí a chegar…

Tirei o casaco e pousei-o de cima do sofá da sala, Gordon olha para mim ternamente e mostra-me um sorriso encorajador.
Simone e Gordon não me guardam qualquer tipo de rancor pelo que aconteceu ao Bill, apesar de eu nunca me ter desculpado. Continuei a vir a esta casa várias vezes, apesar de me custar de cada vez que tenho de desviar o olhar de uma foto perdida numa das imensas molduras espalhadas pela casa.

- Pensava que a Lú e o Jay estavam em Milão… Naquele desfile de roupa chique.
- Sim, ele estavam lá para o desfile da Prada, mas decidiram fazer uma surpresa e voltar mais cedo. Ligaram mesmo quando estávamos a sair de casa para ir alguém buscá-los ao aeroporto. Espero que não haja problema de serem mais dois há mesa
– digo, sorrindo.
- Já devias saber que com a D. Simone a comida sobra sempre… - acabámos por rir os dois, um riso que se desvaneceu pouco depois, perdendo intensidade.
- Ela está na cozinha?
- Sim, já sabes como são estes dias…
- Preferia não saber
– respondi num tom monocórdico.

Atravessei a sala e dirigi-me até à cozinha. Várias memórias faziam-se notar a cada passo que dava. É nestas alturas que eu gostava de ter um poder sobrenatural em que pudesse mantê-las bem quietinhas num sítio qualquer, e faze-las soltarem-se só quando eu quisesse.
Simone desviou-se do forno e aproximou-se de mim, o seu olhar estava vazio.

- Olá minha querida
– cumprimenta-me com dois beijos demorados na face. Tento controlar a vontade de chorar. – Está tudo bem?
- Está tudo na mesma…
- O Math e o Tom?
- Eles foram buscar a Lú e o Jay ao aeroporto, ligaram para ir alguém buscá-los. Eu ainda disse ao Mathew para vir comigo, mas ele não quis, já sabes como ele é.
– digo, encolhendo os ombros. Simone sorri e limpa uma lágrima que tenta escapar com a manga da camisola.
- Teimoso como o pai… - dirigiu o olhar para a foto que eu sabia estar para além do meu corpo, uma foto onde estamos todos: eu, o Bill, o Tom, a Ann, o Jay, a Lú, os G’s e as gémeas e ainda o Igor e o Ser. Tínhamos tirado aquela foto na Rússia… - É sempre difícil festejar sem ele… Não é a mesma coisa…

O som de uma porta a bater obriga-nos a acabar a conversa. Ambas nos dirigimos para a sala onde nos deparamos com Tom abraçado a Gordon, Mathew com um sorriso gigante que assim que nos vê corre para os braços de Simone e Lú e Jay, abraçados, com um sorriso a olhar para mim.

- Boa noite
– dizem eles ao mesmo tempo.
- Espero que não haja problema aparecer sem avisar! – diz o Jay.
- Claro que não! São sempre bem-vindos e há sempre lugar para mais dois!

Aproximo-me de Lú e abraço-a, derramo algumas lágrimas que rapidamente me encarrego de secar, não quero que o Mathew me veja a chorar…

- Como tens estado? – pergunta-me ela.
- Vai-se indo, tu sabes…
- Comprei-te umas coisas, e tenho umas fotos lindas para te mostrar de Milão.
- Depois vemos isso então…


Voltei-me para Jay, que sorria ternamente para mim e para a Lú. Os seus braços abrem-se de forma a incitar-me a abraçá-lo. Os meus braços rodeiam o seu pescoço e ficamos uns segundos abraçados.

- Portaste-te bem russa?
- Jay, já não sou nenhuma criança… Guarda essas perguntas para o Mathew…
- Com certeza chefe!
– acabo por sorrir com a grande dose de estupidez do Jay e abraçamo-nos novamente.
- Tive saudades tuas meu anormal.
- E eu tuas minha pseudo-doutora.
- Vamos para a mesa
– anuncia Gordon.

Mathew começa a correr para a mesa, sentado-se no seu lugar habitual, ao lado do Tom, em tempos ocupado pelo Bill. Eu sento-me em frente a ele, tal como no primeiro dia naquela casa me sentei em frente à pessoa que ainda amo.
O jantar é menos silencioso graças às histórias mirabolantes do Jay e da Lú, e também graças às constantes intervenções curiosas do Math, que nos conseguem pôr a sorrir.
O resto da noite acaba por tomar o mesmo rumo, o mesmo assunto de conversa. É assim todos os anos, tentamos ao máximo esquecer que dia é hoje, tentamos com que pareça apenas outro dia, mas até os outros dias custam a passar, quanto mais este, que parece que nunca mais acaba…

O Jay e a Lú despedem-se de nós cedo, estão cansados da viagem e levam o meu carro. Eu e o Tom vamos ficar a dormir aqui esta noite, nenhum de nós tem disposição para conduzir, ou melhor, não tem disposição para nada.
Simone e Gordon vão-se deitar primeiro que eu e o Tom. O Math acabou por adormecer a ver um filme no sofá e Tom foi deitá-lo na minha cama. Ficámos apenas nós os dois, sentados lado a lado na sala escura e silenciosa. Não aguentei e chorei, deixei as lágrimas percorrerem a minha face novamente. Tom abraçou-me e chorou ele também, chorámos juntos.
Ficámos assim durante algum tempo, dando liberdade às lágrimas silenciosamente. Não era preciso falar ou algo do género, ambos sabíamos o que o outro sentia, a dor de não o ter ao nosso lado.

Mas ele ia voltar, ambos sabíamos isso, só não sabíamos quando… O plano estava traçado há muito tempo… Só falta passar da teoria, para a prática.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
nathyk***
Mega fan dos Tokio Hotel 4 *
Mega fan dos Tokio Hotel 4 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 1362
Idade : 26
Localização : irgendwo in meiner Phantasie
Profissão : Schüler und Freund von th
Hobbys : und nicht Hobby und Hingabe! Ich liebe die TH
Data de inscrição : 21/06/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: bill
Qual a tua Musica Favorita?: a primera que ouvi foi love is dead(totgeliebt) e nao consigo deixar de gostar dez de entao, mas igualmente adoro sacred e vegessene kinder!!

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Qui Abr 09, 2009 8:22 pm

pois ficar sem a pessoa que amamos e mt msl mesmo!!


espero que a dor chegue ao fim, em preve afinal o Bill nao pode sumir para sempre
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lisete
Super Mega fã dos Tokio Hotel
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 16424
Idade : 26
Localização : Im Bett, unter dem Tom
Profissão : Babysitting do Tom
Hobbys : Janine und ihr Vater *.*
Data de inscrição : 28/03/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Kaulitz SexGott
Qual a tua Musica Favorita?: Geisterfahrer *.*

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Qui Abr 09, 2009 9:09 pm

Coitada!
Ficar sem a pessoa que amamos é a pior coisa que pode acontecer

Espero que passem para a prática desse plano o mais rápido possivel, o Bill tem de aparecer o quanto antes!

Mais!
^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lisasgc.hi5.com/
sara_
super fã TH 3 *
super fã TH 3 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 471
Idade : 24
Hobbys : Dormir :)
Data de inscrição : 16/06/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill
Qual a tua Musica Favorita?: dunno

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Ter Abr 14, 2009 10:17 pm

Tenho de ser muitooo rápida porque a net não está a ajudar & amanha não vai dar para andar aqui a postar porque vou preparar as coisas para ir até às Franças&Barcelona, desde quarta até domingo. Vai ser brutal, o pessoal todo e junto e bué pessoas que me odeiam. Vá, continuando xD
So, este capítulo está tipo buéé enfadonho e é palha, completamente, mas eu sei que não posso falar mal do capítulo e tales mas pronto, vocês devem gostar ^^’’
Vá, quero muitos comentários e o próximo capítulo vem só lá para quarta (apesar de eu chegar domingo e coise, mas só posto na quarta porque é quando tenho mais tempo livre xD).
Beijitos & au revoir !



- 4 -


Acordo com os primeiros raios de sol que entram pelas cortinas já abertas do quarto. Procuro o telemóvel na mesinha de cabeceira e verifico que não passam muitos minutos das 9h. Mathew continua a dormir, com um sorriso nos lábios. Levanto-me e vou até às enormes portas de vidro que dão para a varanda. Os poucos raios de sol começam a dissipar-se naquela imensidão de nuvens que cobrem o céu. Pequenas gotículas de água começam a embater nos vidros, ainda que com pouca intensidade. Fecho as cortinas novamente, sem saber quem as teria aberto, e saio do quarto com um casaco perdido por ali do Tom vestido.

A casa está silenciosa, talvez Gordon e Simone já tenham saído para ir trabalhar. Felizmente hoje não tenho de ir trabalhar, pelo que me posso sentar em frente ao portátil a ver os vários ficheiros que tenho vindo a recolher ao longo destes quatro anos.
Quando chego ao fundo das escadas, encontro Tom em frente à janela com uma coca-cola na mão. Estranho vê-lo acordado tão cedo. Ele volta-se, apercebendo-se da minha chegada.

- Já acordado? – pergunto, aproximando-me dele.
- Não consegui dormir quase nada…
- Eu também demorei a adormecer, mas consegui. Não sei o que o teu casaco estava a fazer no meu quarto, mas não to vou devolver, dá-me jeito.
- Estive lá um bocado de noite, a ver-vos dormir… Estavas agitada, tiveste algum pesadelo?
- Que eu me lembre não… A tua mãe e o Gordon já saíram?
- Sim, saíram mesmo há pouco.
– olha novamente o horizonte e bebe um pouco de coca-cola – Parece que está a começar de nevar… - olha-me novamente e sorri – Esperemos que o Math não se aperceba disso muito cedo, senão alguém vai ter de fazer o boneco de neve com ele…

Ambos rimos e sentamo-nos no sofá. Ficamos em silêncio por segundos, ambos fitando o chão. Desvio o olhar para a janela e observo os pequenos flocos de neve a cair insistentemente, dentro de minutos ficará tudo coberto de branco.

- Ainda me lembro da primeira vez que nevou contigo aqui… - o Tom fala mais para ele próprio do que para mim. Eu também me lembro, é um dos dias que continuam cravados na minha mente. – Foi quando tu e o Bill fizeram as pazes depois do Fred… e foi quando eu fiquei a saber o que fazias…
- Agora já sabes muito mais do que naquela altura… Sabes de mais até.
- É daquelas coisas que tenho de saber, de outra forma não te posso ajudar… Chegaste a falar com a Ann ontem?
- Sim, ela vai-me mandar hoje mais uns ficheiros de possíveis aliados deles. Por falar nisso, temos de ver se o Mathew acorda para voltarmos para casa…
- Ele deve estar quase a acordar…
- Vou ver como ele está, até já.


Deposito um beijo na face do Tom e dirijo-me para o quarto. Quando chego perto da porta do meu quarto reparo que a porta da frente está entreaberta e há bastante claridade no quarto. Aproximo-me mais um pouco e toco na maçaneta, hesito em abrir a porta.

Já faz algum tempo que eu não entro naquele quarto. Abro a porta lentamente e vários flashbacks assaltam-me sem aviso prévio e vejo-me obrigada a fechar os olhos. Pondero voltar atrás, mas já estou tão perto de superar um dos meus “fantasmas”… Abro os olhos e olho à minha volta. O quarto está na mesma, ninguém se atreveu a mexer no que quer que fosse. É como se ele continuasse a ir ali frequentemente, como se continuasse a dormir naqueles lençóis pretos que tantas vezes nos acolheram… Desvio o olhar para a janela e sorrio, ao mesmo tempo que umas lágrimas deslizam pela minha face.
Mathew está ajoelhado no sofá junto à janela, com os cotovelos apoiados no parapeito desta. Está com o seu pijama vermelho com guitarras amarelas – um dos vários presentes do Tom – e com os seus chinelos com a cabeça de um tigre branco da Sibéria.
Ele olha para mim repentinamente e sorri, um sorriso de pura felicidade. Volta a olhar pela janela e eu aproximo-me dele.

- Que estás aqui a fazer?
- Estou a ver a neve a cair!
– responde-me ele alegremente.
- Mas porque vieste para aqui?
- Aqui vê-se melhor mãe, consigo ver a nossa casa lá bem ao longe
– diz, apontando na direcção do horizonte para uns prédios. – E gosto deste quarto, quando for grande posso ter um quarto assim mãe? – pergunta-me, infantilmente, como é tão característico nele.
- Podes filho, podes ter o que quiseres e como quiseres. – sorrio e ele sorri também.
- Sabes, quando venho dormir a casa da avó, costumo fugir de noite e venho dormir para aqui! – o seu tom alegre dá vida àquele espaço, fazendo-me sorrir novamente.
- És tão tolinho… - ele olha para mim e mostra-me a língua, mas rapidamente a sua expressão se transforma em tristeza.
- Estiveste a chorar? – pergunta-me ele, enquanto me dá um beijinho na bochecha.
- Não Mathew, a mãe não esteve a chorar, está só um bocado triste, mas isto já passa.
- É por causa do pai não é?
– os seus pequenos braços envolvem-me o pescoço com força – Eu sei que é… Tens saudades dele mãe?
- Muitas…
- Quando é que ele volta? Quero que ele volte mãe, já não estou a gostar deste jogo com os senhores…
- Ele vai voltar, prometo-te. Confias em mim, não confias?
- Sim
– afasta-se e olha para mim, acenando com a cabeça – e no tio também! – olha novamente para o horizonte – Podemos ir brincar na neve? – não consigo conter um sorriso.
- Anda, vamos vestir-nos para voltarmos para casa, depois o tio vai brincar contigo, está bem?
- E podemos fazer bonecos de neve?
- Os que tu quiseres!


Caminho para fora do quarto com o Math ao colo, falando entusiasticamente sobre os seus planos para brincar na neve. Olho novamente para o quarto já vazio e fecho a porta atrás de mim.
“Eu sei que precisas dele…”
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lisete
Super Mega fã dos Tokio Hotel
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 16424
Idade : 26
Localização : Im Bett, unter dem Tom
Profissão : Babysitting do Tom
Hobbys : Janine und ihr Vater *.*
Data de inscrição : 28/03/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Kaulitz SexGott
Qual a tua Musica Favorita?: Geisterfahrer *.*

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Ter Abr 14, 2009 10:28 pm

Oh!
Nao vejo a hora do Bill regressar
Afinal o filho precisa dele
A Sara e o Tom tambem...

Gostei bastante deste capitulo

Continua!

Boa viagem e diverte-te! ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lisasgc.hi5.com/
sara_
super fã TH 3 *
super fã TH 3 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 471
Idade : 24
Hobbys : Dormir :)
Data de inscrição : 16/06/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill
Qual a tua Musica Favorita?: dunno

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Qua Abr 22, 2009 5:13 pm

Hola!
Yeps, a Sara está de volta e melhor que nunca. Ai, quero voltar x______x
Andei a meter conversa com uns franceses (falei em ingles claro, eu e o francês não nos damos bem xD), conheci um rapaz tãoo bonito, não têm noção. Depois Barcelona. Oh, amei Barcelona! Eu ficava lá, a sério que ficava. Aquilo é tão, mas tão bonito. Adorei a Igreja da Sagrada Familia, aquilo parece quase irreal, olhamos para os pormenores todos e ficamos a pensar "como é possível construir tal coisa". E Gaudi era um autêntico génio da arquitectura *.*
Se forem a Barcelona, têm de ir a Las Ramblas, está bem que a rua é enormee mas é tão bonita, e depois têm lá o bairro gótico e o outro que não me lembro do nome que são lindos mesmo. Oh, vi uns scene hair lindos *.*
Vá, eu sei que estão ansiosas pelo capítulo e aqui vai ele mas, primeiro, estou triste. A razão? Um comentário... Vá, comentem-me lá esta coisinha e façam-me feliz, sim? *olhinhos de bambi*
Tenho um aviso a fazer, estejam atentas a este capitulo porque é bastante importante. Depois percebem o que quero dizer (:

Au revoir



- 5 -


- Já podes mandar.

Estou sozinha em casa, Mathew e Tom foram dar um passeio pela neve e fazer os inúmeros bonecos de neve que o Math irá exigir. Sento-me no sofá e olho para o portátil, continuo com o auscultador no ouvido.
DOWNLOADING FILES (90%)

- Já recebeste?

- Está quase…

DOWNLOADING FILES (99%)


- Done. Vamos lá ver isto.

Abri a pasta que contém os vários ficheiros sobre os possíveis aliados dos meus, digamos, inimigos. Junto a cada processo estão várias fotos. Passo os olhos por elas e deduzo que são maioritariamente homens, entre os 20 e os 30 anos. De vez em quando, aparecem umas raparigas, não devem ter muito mais de 25 anos.

- Tantos! Nunca pensei que eles tivessem uma rede de amizades tão alargada! Rússia, Itália, China, Japão… Não vai ser propriamente fácil.

Deixo o computador de cima da mesa de vidro no centro da sala e vou até cozinha, onde pego na caneca de café quente. Volto para a sala e recosto-me no sofá, com os pés de cima da mesa.

- Ora Sara, estás-te a esquecer de um pormenor… Nós somos as melhores, temos uns bons conhecimentos, e esses conhecimentos são óptimos e eficientes… - bebo um gole de café e suspiro.
- Se fossemos as melhores, não estaríamos assim agora… O Bill estaria aqui connosco…
- Oh, tu não tiveste culpa, por favor Sara, pára de te culpar!
- Não consigo Ann, por muito que tente, não consigo… Eu destruí a vida deles! É graças a mim que a vida deles está assim!
- Eles não se importam, sabes perfeitamente disso.
- Mas eu destruí o sonho deles… Não consigo deixar de me sentir culpada…

Levanto-me e aproximo-me das portas de vidro que dão para a varanda. Os pequenos flocos de neve começam a deslizar por entre os vários obstáculos que encontram, desistindo quando não conseguem superá-los. Amontoam-se lentamente em qualquer superfície que encontram, começando a formar outra camada branca, substituindo a anterior. Imagino Tom e Mathew a brincar na neve, imagino como seria se ele estivesse cá…

- SARA! – dou um pequeno salto com o meu nome a ser gritado bem junto do meu ouvido. Desvio a atenção do horizonte e regresso para junto do pc.
- Desculpa, estava abstraída com os meus pensamentos.
- Deu para perceber… Enfim, continuando.
- Sim – endireitei-me no sofá e inclinei-me novamente sobre o pc. – Então o que é que já temos?
- Abre o primeiro documento que te mandei há três anos.
- Já está.
- Esses são os cabeça de cartaz, se é que me percebes.
- Sim, continua…
- Agora abre o outro documento, que te mandei logo a seguir a esse – assim fiz. – Aí estão os vários dados que consegui recolher sobre eles. Locais que frequentam, com quem saem, o que fazem, etc. Depois temos os outros três documentos, que são os primeiros suspeitos que consegui identificar. Desses, alguns já morreram, por isso tens esses documentos na pasta que te mandei agora. Aliás, essa pasta que te mandei agora é a que está mais organizada e actualizada, por isso guia-te apenas por essa, está bem?

Revi mentalmente tudo o que tínhamos analisado ao longo destes anos e o que a Ann me tinha acabado de dizer. Organizei as pastas, apagando aquelas que estavam desactualizadas e concentrei-me no primeiro documento de todos.

- Está tudo Ann, obrigada, a sério.
- Sempre às ordens miúda! Agora, se me dás licença, vou desligar porque ainda quero falar com o hippie. - não resisti a rir-me. A Ann costumava chamar o Tom de hippie, tudo começou quando eu lhe contei aquela história logo ao inicio da minha aventura na Alemanha.
- Está bem… até amanha.

Retirei o auscultador e foquei-me novamente no portátil. As quatros caras que me apareciam à frente eram-me demasiado familiares. Três rapazes e uma rapariga. Em tempos, tínhamos brincado juntos, quando os nossos avós ainda tinham os seus negócios. É impressionante como o dinheiro e a ganância muda as pessoas. Parece que eu fui uma excepção…

Depois de ter comprado o meu tão adorado mini cooper, decidi repartir uma parte da herança do meu avô pelos meus primos. Cada um de nós ficou com uma quantia igual, que podia usar quando e para o que quisesse. Aquilo que sobrou, uma quantia ainda bastante razoável, decidimos doá-lo anonimamente a várias instituições e mandámos também algum para os países mais pobres de África.

Quando aqueles quatro seres descobriram o nosso esquema, sensivelmente dois anos depois do desaparecimento do Bill, gravaram um vídeo onde diziam que, se não ficaram com a herança do meu avô, iriam ficar com a do meu pai. Nesse vídeo, o Bill aparecia, pelo menos era uma prova de que ele estava vivo… e está. Eles nunca tencionaram matar o meu pai, pois eles sabem que o testamento dele apenas me permite acesso à herança se ele não for assassinado – foi a única maneira que encontrámos para que eles mantivessem o Bill vivo, assim como o meu pai.

Começo a ler cada processo que a Ann me enviara.

Yuri Shakarof : 23 anos, frequentou os melhores colégios russos, formado em advocacia. No seu dia-a-dia, tem a sua própria firma de advogados, camuflando assim a sua verdadeira ocupação.

Olhei para a foto que se encontrava ao lado do nome. Um rapaz de pele clara, cabelo ruivo, algumas sardas a cobrirem-lhe a face e olhos verdes.
Passei para o seguinte.

Suri Shakarof: 23 anos, irmã gémea de Yuri, seguiu as mesmas pisadas que o irmão, acabando o curso com distinção. Conhecida como uma rapariga bastante bonita, faz alguns trabalhos como modelo, tanto fotográfico, como em passerelle.

A rapariga da foto era relativamente parecida com o Yuri. O mesmo tom de pele que o irmão, a mesma tonalidade de cabelo, a mesma cor de olhos…

Johann Shakarof: 25 anos, filho de mãe inglesa, é bastante reservado e desistiu da vida académica. Passa a maioria do tempo no casino dos pais, ocupando o cargo de sub-gerente. Nunca aceitou o facto do seu irmão subir na vida primeiro que ele.

O Johann tinha aquele tom de pele claro, mas no entanto mais escuro que o dos primos. Cabelo louro, olhos castanhos, não era muito alto, tinha uma estatura normal.
O último nome fez-me sentir um enorme aperto dentro de mim. Antes do meu avô morrer, ele era o meu melhor amigo…

William Shakarof: 22 anos, irmão de Johann. Conhecido como Will, é o gerente do casino da família. Nunca se deu muito bem com o irmão, tendo várias discussões frequentemente. Segundo amigos próximos, esconde um segredo que apenas uma pessoa conhece, não desvendando a identidade da mesma a ninguém.

Olhei para a foto a medo. O Will tinha-se tornado um rapaz bastante bonito, como sempre o fora. Era parecido com o irmão, mas o seu sorriso era mais genuíno. Tinha os olhos azuis e um corpo atlético.

Aquele segredo, nunca seria desvendado. Se dependesse daquela pessoa, nunca ninguém iria saber…
Porque eu sou capaz de fazer o tudo o que está ao meu alcance para que nunca ninguém saiba… porque apesar de tudo, ele não teve culpa nada…
Porque aquele segredo, era o nosso segredo, e já nos acompanha desde que os nossos avôs morreram.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
chris21
Colaboradora gráfica
Colaboradora gráfica
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 2543
Idade : 29
Localização : Vila Nova de Gaia
Profissão : Estudante
Hobbys : Dança(hip hop); ler; ouvir música
Data de inscrição : 02/05/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill
Qual a tua Musica Favorita?: In die nacht

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Qua Abr 22, 2009 6:49 pm

Eu sei porquê que este capitulo é importante! Eu sei!

Mas não digo :P

Vá! Toca a comentar esta fic se não levam tau tau!!!

Falo a sério!!!

Küss***
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://chris21.blogs.sapo.pt/
Lisete
Super Mega fã dos Tokio Hotel
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 16424
Idade : 26
Localização : Im Bett, unter dem Tom
Profissão : Babysitting do Tom
Hobbys : Janine und ihr Vater *.*
Data de inscrição : 28/03/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Kaulitz SexGott
Qual a tua Musica Favorita?: Geisterfahrer *.*

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Qua Abr 22, 2009 8:08 pm

Afinal a Sara esconde um segredo deles
Será que ainda vai ter de usá-lo?

Continua!
^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lisasgc.hi5.com/
nathyk***
Mega fan dos Tokio Hotel 4 *
Mega fan dos Tokio Hotel 4 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 1362
Idade : 26
Localização : irgendwo in meiner Phantasie
Profissão : Schüler und Freund von th
Hobbys : und nicht Hobby und Hingabe! Ich liebe die TH
Data de inscrição : 21/06/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: bill
Qual a tua Musica Favorita?: a primera que ouvi foi love is dead(totgeliebt) e nao consigo deixar de gostar dez de entao, mas igualmente adoro sacred e vegessene kinder!!

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Qui Abr 23, 2009 1:06 am

segredo????

que segredo??????????


oh pah pk paras na melhor parte -.-'

ok os filhos de uma p*** ainda tem o Bill apesar de ja nao poderem ter a herança do avô. agora querem a do pai -.- mesmo estupidos =/


espero que ela lhes de uma valente coça quando os ver XD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ni'kaulitz
Fã TH 4 *
Fã TH 4 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 213
Idade : 22
Data de inscrição : 03/06/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Tom
Qual a tua Musica Favorita?:

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Qui Abr 23, 2009 11:16 pm

Weel .. adorei *O*
Passei a tarde toda a ler a "Dangerous World 1" e viciei logo .. é incrível, não sei explicar .. é como se estivesse a viver dentro da fic LOOL
Acho que a tua escrita melhorou imenso desde o primeiro capitulo da "Dangerous World 1" ^^
Adoro mesmo a fic *$*
É Pena é o Bill estar desaparecido :( A Sara o Tom e o Mathew precisam tanto dele ...
Continuaa please
Küss
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lady_R
Fã TH 4 *
Fã TH 4 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 213
Idade : 24
Localização : evora
Profissão : estudante
Hobbys : ovir Tokio Hotel XD :P
Data de inscrição : 11/11/2007

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Tom
Qual a tua Musica Favorita?: Monsson

MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   Sex Abr 24, 2009 12:09 am

eu li tudinho agora*.*

amei

espero pelos proximos ;)
[/b]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tokiohoteloblog.blogspot.com/
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Dangerous World 2 ~ 34 ~ último   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Dangerous World 2 ~ 34 ~ último
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 5Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
 Tópicos similares
-
» 2011.03.08 - World War Tour: Sabaton + Nightmare + Gwydion + Drakkar - Corroios
» Parceria entre o Fórum MJ, Your Rock My World e Web Rádio Neverland
» Jason Pfeiffer volta a dizer que teve caso com Michael Jackson
» BRUTEFORCE - Lançamento do EP de estreia "Welcome To The Real World"
» "The Immortal World Tour" in Brazil & South America" - Cirque Du Solei

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Fanfics acabadas-
Ir para: