Olá!
Se muito bem vindo/a ao Fórum Português dos Tokio Hotel.
Ainda não te encontras registado/a ?
Do que esperas?
Junta-te a nossa comunidade de fãs, e diverte-te ;)

Caso tenhas alguma duvida em registar-te clica em FAQ e tira as tuas duvidas !!

Diverte-te!


Ass; Administração do Fórum.



 
InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seMembrosConectar-se

Compartilhe | 
 

 Melodia Interrompida

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 18 ... 32, 33, 34  Seguinte
AutorMensagem
slb4evercrss
Fã dos Th
Fã dos Th
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 28
Idade : 24
Profissão : Estudante
Hobbys : Tocar piano, guitarra e jogar futebol
Data de inscrição : 29/07/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill, mas gosto de todos os outros tb
Qual a tua Musica Favorita?: By your side

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Sex Ago 29, 2008 12:19 am

huuuuuuuu Oyee
o que pode um beijo iniciar .... XD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tokiohotel-4ever-fans.piczo.com
Lauraa.
moderador
moderador
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 27272
Idade : 25
Localização : Aqui mesmo =D
Hobbys : Mein lieber Tobi und sein lieber Vater <3
Data de inscrição : 20/03/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill ^^
Qual a tua Musica Favorita?: Automatisch und/oder Komm

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Dom Ago 31, 2008 8:39 pm

Capítulo 196 - A distância tem mesmo de ser..

Érica estava nervosa. Não sabia bem a razão daquele encontro. Ou melhor, até tinha uma ideia. Georg talvez quisesse despedir-se. Afinal, a tour começava no dia seguinte e ia prolongar-se por vários meses.. Nem sabia bem o que devia esperar daquele momento.
Despachou-se cedo e foi ter com ele a uma praça bem movimentada ali em Berlim. Para quem queria passar despercebido, o moço até estava a arriscar um bocadinho, não?
Estava lá à espera de reconhecê-lo, ou pelo menos tentar... Mas ele chegou por trás e pôs a sua mão sobre o ombro dela. Érica virou-se e debaixo daquele capuz conseguiu ver um pedacinho da cara dele.
- oh, hallo!
Ficou sem saber se lhe dava dois beijinhos, um beijo na cara.. Estava mesmo indecisa, mas ele antecipou-se e cumprimentou-a à boa maneira europeia. Dois beijinhos na cara e pronto.
Depois agarrou-lhe na mão. Georg olhou em roda, discretamente e começou a caminhar.
- Was ist los? - disse Érica, olhando também em roda, tentando perceber se alguém o tinha reconhecido ou assim.
- Nichts. Komm. (Nada. Vem.)
Ela confiou nele e não lhe largou a mão. Caminharam por uma rua comprida e aproximaram-se de um carro negro.
- Herein. (Entra)
- Wie bitte?! (Como?!)
Entrar no carro?! Mas iam para onde? Ele agarrou-lhe na outra mão e disse:
- Vertrau mir. (Confia em mim.)
Ela confiou. Entrou no carro e não fez mais perguntas.
A viagem para o tal destino misterioso revelou-se muito demorada e Érica estava a sentir-se algo desconfortável. As costas doíam-lhe e estava a ficar com sono. O dia cinzento e triste não ajudava nada.
As suas mãos não se tinham soltado durante todo aquele tempo.
- Georg, ich bin müde. (Georg, estou cansada.)
Ele fez-lhe uma festinha na mão e sorriu. Com certeza não faltava muito.
Ela deitou a seu cabeça no ombro dele e respirava devagar. Aos poucos, o cansaço tomou conta dela e envolveu-a num sono muito leve.
Ele manteve-se sempre acordado, estava nervoso e eufórico ao mesmo tempo. Tinha todas as razões para isso. Não sabia o que ia acontecer, mas era apenas mais uma tentativa. A presença dela deixava o seu coração a mil e apesar de não serem propriamente adolescentes, ele tinha aquelas sensações de quando se está apaixonado.
Chegaram. Ele não queria acordá-la, era demasiado bom tê-la apoiada em si, dormindo calmamente. Deu-lhe um beijo na testa. Se tinha mesmo de fazê-lo, fazia-o suavemente.
Resultou, porque Érica sentiu o beijo dele e despertou. Não abriu logo os olhos, sorria por dentro. Quando saiu do carro olhou estranhamente para todos os lados.. Não conhecia aquela paisagem…
- Wo sind wir? (Onde estamos?)
- Halle.
Halle?! Pois, o nome não lhe dizia nada, mas era tudo tão calmo…
A mão que ele tinha largado voltou a ser segurada. Georg guiou-a pela berma de uma estrada, que os levava até meia dúzia de pequenas habitações.. Pelo caminho, começou a nevar. Ele preferiu largar-lhe a mão e aproximá-la mais de si, pondo o seu braço ao redor da cintura dela.
Estavam quase a chegar quando o telemóvel dela toca.
- ja?.. Genau… Wann?… oh, vielen dank…! (Sim?.. Exactamente… Quando?… oh, muito obrigada…!)
Desligou. O seu olhar encerrava imensa alegria e ela estava tão feliz que lhe apetecia gritar. Ele reparou nisso.
- Was geschah? (o que se passou?)
- Morgen anfang ich zu Arbeit!(Amanhã começo a trabalhar!)
Ele sabia o que aquilo significava para ela, era como uma total afirmação da sua independência e de uma nova vida na Alemanha. Já tinham conversado sobre isso antes.
O facto é que talvez pelo facto de estar tão eufórica, Érica não resistiu quando Georg se inclinou para beijá-la. Uma coisa que ela andara a evitar, tornou-se inevitável naquele momento. Quando os seus lábios se soltaram, ela continuou a sorrir. Olharam ambos em volta, como se pudessem estar a ser observados.
Georg voltou a agarrar na mão de Érica e guiou-a, mas no sentido contrário ao que iam inicialmente. Ela ficou intrigada.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Apesar de estar tudo a cobrir-se de neve, à medida que os flocos caíam, aquele era um sítio irresistível. No meio do nada, um abrigo com uns pequenos banquinhos em madeira rodeando uma débil fogueira. Deixaram-se ficar ali, dizendo tudo aquilo que já poderiam ter dito, mas não disseram e trocando todos os beijos que lhes ficaram por dar.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Na manhã seguinte, Sara foi a primeira a dar-se conta de que começara o grande período de ausências. A cama estava completamente vazia do lado em que Tom ficava. Dentro das gavetas dele, pouca coisa restara. Mas ela ‘tinha-o’ no seu dedo. E era ali que ele acabaria por voltar.
Desceu até à cozinha, ainda era cedo, mas não ia conseguir dormir mais. Decidiu começar a preparar o pequeno almoço para si e para Sofia. Aproximavam-se dias algo entediantes, sem homens em casa, Érica ia começar a trabalhar. A única fonte de animação poderia ser a Beatriz.
Por falar em Beatriz, Sara ouviu uns ruídos que só poderiam ser de um automóvel e foi à janela. Era Érica. O que poderia ela estar ali a fazer tão cedo?
Abriu a porta e estendeu os braços para pegar na sobrinha ao colo.
- Bom dia! - disse Érica muito sorridente.
- Bom dia! Estamos muito contentes!
- Pois! Finalmente arranjei trabalho!
- E isso tudo é por causa de um emprego?
- Sim e não.. - disse Érica enigmática.
- mmm, sim e não..? Explica-te.
Érica esboçou um sorriso algo envergonhado e Sara conseguiu ler-lhe todos os pensamentos.
- Estás assim por causa do Georg, não é?
- Nunca imaginei que ele gostasse assim tanto de mim..
- Pois, mas gosta.. - disse Sara.
- O pior é mesmo estes meses sem nos vermos..
As duas suspiraram. Mais de dois meses de distância.. Mas tinha mesmo de ser.

_________________


Well, I have to say that Tom and I have always been quite powerful together. We've always been together. We just compliment each other brilliantly. by Bill Kaulitz

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
nathyk***
Mega fan dos Tokio Hotel 4 *
Mega fan dos Tokio Hotel 4 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 1362
Idade : 26
Localização : irgendwo in meiner Phantasie
Profissão : Schüler und Freund von th
Hobbys : und nicht Hobby und Hingabe! Ich liebe die TH
Data de inscrição : 21/06/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: bill
Qual a tua Musica Favorita?: a primera que ouvi foi love is dead(totgeliebt) e nao consigo deixar de gostar dez de entao, mas igualmente adoro sacred e vegessene kinder!!

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Dom Ago 31, 2008 10:07 pm

so faltam 5 cap vouchorar vouchorar
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sweet@ngel
Fã TH 4 *
Fã TH 4 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 227
Idade : 23
Localização : Lisboa
Profissão : Estudante
Hobbys : Ouvir, falar, pensar, sonhar com os TH
Data de inscrição : 21/06/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Todos são importantes, mas o Tom chamou a minha atenção de uma forma diferente!
Qual a tua Musica Favorita?: Todas, sem excepção!

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Seg Set 01, 2008 12:07 am

Ai meu Deus...E só de pensar que estarei ausente uma semana -.-'
Bem...Não comentarei os teus próximos capitulos devido a minha ausência, espero que compreendas!

Beijinhos e para as que ficam, continua!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://misspower89.hi5.com

Super Mega fã dos Tokio Hotel
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 2583
Idade : 23
Localização : Açores x]
Profissão : Aulinhas^^
Hobbys : de tudo um pouco ;)
Data de inscrição : 28/03/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Todos
Qual a tua Musica Favorita?: todas *.*

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Seg Set 01, 2008 6:48 pm

HO *.* o Georg e a Érica *________*

Tão fofos juntinhos.
Opá nem sabes como estou triste por a tua fic estar quase a acabar vouchorar

Beijão
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://irperes.hi5.com
Marques
super fã TH 2 *
super fã TH 2 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 403
Idade : 24
Localização : Lisboa
Profissão : Estudante
Hobbys : Tar no pc,ouvir musika,ler,ver tv,tar kom os amigos e jogar psp
Data de inscrição : 29/04/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill Kaulitz
Qual a tua Musica Favorita?: Love is dead,Sacred,on the edge,1000 oceans...pronto todas .

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Ter Set 02, 2008 12:19 pm

Oh meu kuando e k postas mais :/
Keres ver k para me entreter vou ter de ler a fik novamente OMG wtf wtf wtf
E melhor n se paxei uma semana para ler 65 capitulos paxarei um mes para ler a fik toda,e eu sou uma rapariga mt okupada. xD xD xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Su
moderador
moderador
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 4736
Idade : 26
Localização : algures perdida no mundo. Procura-me la
Profissão : MRPP
Hobbys : escrever :)
Data de inscrição : 02/01/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Não é dificil de se perceber
Qual a tua Musica Favorita?: In die Nacht, musica do melhor momento da minha vida

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Ter Set 02, 2008 11:04 pm

amar á distancia é lixado sim :')

_________________
Morning loneliness comes around
When I'm not dreaming about you
When my world wakes up today
You'll be in another town
And I knew when I saw your face
I'd be counting down the ways to see you
And you smile, that beautiful smile


Hey Tom
Do you know for how long am I loving you?
I wanna set you free.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/smiau
Lauraa.
moderador
moderador
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 27272
Idade : 25
Localização : Aqui mesmo =D
Hobbys : Mein lieber Tobi und sein lieber Vater <3
Data de inscrição : 20/03/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill ^^
Qual a tua Musica Favorita?: Automatisch und/oder Komm

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Qua Set 03, 2008 10:19 pm

Capítulo 197 - O Tempo passa..


O primeiro concerto foi em Frankfurt. Podemos dizer que foi a loucura. Muito mais que todos os outros concertos, este era o iniciar da tour que seria talvez a maior de sempre para a banda.
Depois de mais algumas actuações por toda a Alemanha (Berlin, Köln, Wolfsburg, Leipzig, Hamburg, Dortmund), a Áustria também os recebeu, assim como a Polónia e a República Checa. Os países que os viram ‘nascer’ sim, tiveram o privilégio de serem também os primeiros a receber o mega espectáculo de música que os quatro alemães haviam estado a preparar.

Claro, a França também viu aquele enorme tourbus de vários metros de comprimento percorrer as suas estradas principais. As fãs continuavam malucas, como sempre. Eles foram sempre bem recebidos, como sempre. Os gritos mal se aguentavam dentro dos pavilhões, como sempre. Itália, com as suas belas praças renascentistas e os seus monumentos imponentes, sempre solarenga, disse-lhes ’Ciao!’. A Espanha também recebeu esta monção de sucesso que são os Tokio Hotel. ‘Te quiero’ muitas vezes repetido, a fama do grupo pode até ser abalada por outras bandas, mas as fãs verdadeiras, as que interessam, estão lá.

Portugal, no ‘fim’ da Europa, mas nem por isso menos merecedor provou ter um dos públicos mais entusiásticos de sempre, fiel, dedicado e sempre, sempre apaixonado.
Duas horas de música, gritos, sorrisos, aplausos, as batidas do Gustav, o baixo indispensável do Georg, aquela Gibson segurada pelas mãos mais talentosas de todo o grupo e a voz ora doce e preciosa, ora selvagem, como o rugido de um leão, que solta tudo o que lhe vai na alma e incita a cantar.


Como sempre, muitas fãs ficavam fora dos recintos durante alguns dias, dormindo ao relento, na luta pelo melhor lugar, o mais perto do palco que pudessem. Aos olhos dos mais velhos, esse comportamento era totalmente repreensível e haviam sempre aqueles que ao passar pelos magotes de fãs ansiosas, abanasse a cabeça em desacordo.
Mas só se vive uma vez, certo?
Tudo bem que dormir no chão, ao frio não é das coisas mais agradáveis, mas o convívio, a atmosfera que paira sobre todas elas, a alegria, euforia, algum histerismo valem bem a pena.

O culminar de tudo é mesmo o concerto…
Eles. Ali em cima. Dando o melhor de si, tudo, por elas. Por nós.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Sofia estava a ler uma revista, passando as páginas devagar. A gravidez estava quase no fim e talvez daí a um mês já ia passar noites em branco, em volta de dois berços.
Sara estava mesmo ao lado dela, com Beatriz no colo e esperavam ambas que Érica viesse buscar Beatriz.
A rotina era basicamente essa. Elas passavam o dia com a sobrinha e começavam a antecipar o parto da Sofia. Ela já começara a frequentar aulas de preparação, e os nervos em relação a esse dia, agora já próximo, eram muitos.
Tinha a plena consciência que depois da consulta do dia seguinte, a última, a qualquer momento poderiam começar as contracções e o parto em si.
Na sua futura casa, os quartos dos meninos estavam praticamente prontos. Laranja e azul escuro, com animais para um deles e vermelho e azul com motivos marinhos para o outro.
Os nomes também já estavam escolhidos, esse fora um dos muitos pormenores que Bill fizera questão de acertar antes de ir. Mas estavam mantidos em segredo, só mesmo depois dos nascimentos é que iam saber.

Sofia olhou para o canto da página da revista e leu: “ ‘Tokio’ dirigem-se para Amesterdão’'
Era a ultima fase de concertos antes de voltarem de vez. Depois desse, na capital mais liberal de toda a Europa, faltavam apenas Bélgica, Luxemburgo, Reino Unido e mais a norte Suécia, Dinamarca e Noruega. Pronto, afinal eram muitos países ainda, mas já estiveram mais longe de acabar.

Sara estava de telecomando na mão e passava os canais sem muito interesse. Queria arranjar alguma coisa de interessante para ver, mas estava díficil.
- Concursos… concursos… mais concursos…
Sofia aproveitou que o silêncio em que estavam mergulhadas tinha sido quebrado e perguntou:
- Amanhã sempre vens comigo á consulta?
- Eu posso ir, mas e a Beatriz?
- Vai contigo. Levamos o carrinho dela.
- Está bem.
Sofia suspirou e passou a mão pela sua barriga de grávida já quase de oito meses.
- estás nervosa?
- Desde que eu saiba que está tudo bem com eles, não tenho medo.
- Não tens medo que te doa muito?
- Vai doer, mas depois passa..

Lá fora, começava a anoitecer. Apesar de estarem bem pertinho do Verão, ainda anoitecia depressa. Um ruído fê-las levantar a cabeça. Olharam ambas para o relógio e concluíram que era a irmã que chegava do trabalho.
Sara levantou-se para abrir a porta. Érica entrou, trazendo dois sacos, com alguns pacotes no interior.
- Trouxe o jantar!
- Ai que bom, estava mesmo, mesmo sem paciência para cozinhar.. - disse Sara.
Sofia levantou-se devagar e foi ter com elas à mesa da cozinha. A cara dela antes de sentar-se estava muito estranha.
- Passa-se alguma coisa?
- Não sei, tenho uma dor forte aqui neste lado da barriga.
- Senta-te.
Já lhe acontecera algo assim antes, as contracções que pontualmente a assolavam, mas que eram sempre falso alarme. Segundo o médico, só quando as contracções se repetissem a cada cinco minutos é que ela deveria dirigir-se para a maternidade.
- Foi apenas um susto.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Na manhã seguinte, os raios de sol que penetravam pelas cortinas conseguiram acordar Sofia. Estava a começar a tornar-se díficil dormir, a barriga pesava e não podia simplesmente deitar-se. O médico arranjara-lhe uma almofada especial para apoiar a barriga, mas nem assim as noites melhoravam.
Ao levantar os olhos para o relógio que estava sobre a mesa de cabeceira abriu os olhos.
- Onze horas?! Vou chegar atrasada!
Sem mais demoras, tomou banho e desceu, procurando pela irmã.
“Porque é que ela não me acordou?”
Procurou pela casa toda, mas não a viu. Decidiu telefonar-lhe.
- sara, onde estás? Prometeste vir comigo á consulta.
- Não te preocupes. Tive mesmo de sair, mas eu vou ter contigo ao consultório.
- Não te demores mais, por favor.
- Fica descansada.

~~~~~~~~~~~~~~~~

Estava já na sala de espera. Olhava pela janela, esperando ver a irmã aparecer, mas nada. Sentava-se e voltava a levantar-se, mas não a via. Distraiu-se um pouco com a televisão que estava ligada e reparou que alguém ia a entrar no consultório, mas parou. Olhou na direcção da porta.
''Não..!''
- Bill..?!
Ele sorriu e entrou no consultório. Sentou-se ao lado dela, sempre a sorrir e não resistiu a passar a mão sobre a barriga dela. Por estar ali a secretária, inibiu-se de mais carinhos. Ela estava praticamente em estado de choque.
“Ele anda em tour, como é que arranjou tempo para estar aqui?”
Mas isso não importava. Sentiu-se tão feliz por tê-lo ali, afinal o Bill ainda não tinha ido a nenhuma das suas consultas, nem assistira a nenhuma das ecografias.
Pousou a cabeça no seu ombro e o tempo deixou de passar tão devagar.

_________________


Well, I have to say that Tom and I have always been quite powerful together. We've always been together. We just compliment each other brilliantly. by Bill Kaulitz

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Super Mega fã dos Tokio Hotel
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 2583
Idade : 23
Localização : Açores x]
Profissão : Aulinhas^^
Hobbys : de tudo um pouco ;)
Data de inscrição : 28/03/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Todos
Qual a tua Musica Favorita?: todas *.*

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Qui Set 04, 2008 12:47 am

Opa tão fofo o Bill foi ter com Sofia.

tambem quero *lálálá*

CLARO AS FÃS PORTUGUESAS SÃO AS MELHORES
WOOOOOW


era costume dizer para continuares rapido. Mas agora é diferente porque eu não quero que a fic chegue ao fim.
vouchorar vouchorar vouchorar
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://irperes.hi5.com
Su
moderador
moderador
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 4736
Idade : 26
Localização : algures perdida no mundo. Procura-me la
Profissão : MRPP
Hobbys : escrever :)
Data de inscrição : 02/01/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Não é dificil de se perceber
Qual a tua Musica Favorita?: In die Nacht, musica do melhor momento da minha vida

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Qui Set 04, 2008 12:59 am

Como sempre, muitas fãs ficavam fora dos recintos durante alguns dias, dormindo ao relento, na luta pelo melhor lugar, o mais perto do palco que pudessem. Aos olhos dos mais velhos, esse comportamento era totalmente repreensível e haviam sempre aqueles que ao passar pelos magotes de fãs ansiosas, abanasse a cabeça em desacordo.
Mas só se vive uma vez, certo?
Tudo bem que dormir no chão, ao frio não é das coisas mais agradáveis, mas o convívio, a atmosfera que paira sobre todas elas, a alegria, euforia, algum histerismo valem bem a pena.


é a mais pura das verdades :') vou repetir todas as vezes que eles vierem cá
tão querido o Bill'ocas foi ter com a Sofia *.*

_________________
Morning loneliness comes around
When I'm not dreaming about you
When my world wakes up today
You'll be in another town
And I knew when I saw your face
I'd be counting down the ways to see you
And you smile, that beautiful smile


Hey Tom
Do you know for how long am I loving you?
I wanna set you free.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/smiau
nathyk***
Mega fan dos Tokio Hotel 4 *
Mega fan dos Tokio Hotel 4 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 1362
Idade : 26
Localização : irgendwo in meiner Phantasie
Profissão : Schüler und Freund von th
Hobbys : und nicht Hobby und Hingabe! Ich liebe die TH
Data de inscrição : 21/06/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: bill
Qual a tua Musica Favorita?: a primera que ouvi foi love is dead(totgeliebt) e nao consigo deixar de gostar dez de entao, mas igualmente adoro sacred e vegessene kinder!!

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Qui Set 04, 2008 11:13 am

tao lindo!!

a serio que eu estava a ver que a sofia ia passar pelo parto sozinha sem que o bill estivesee com ela!! mas afinal nao!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lauraa.
moderador
moderador
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 27272
Idade : 25
Localização : Aqui mesmo =D
Hobbys : Mein lieber Tobi und sein lieber Vater <3
Data de inscrição : 20/03/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill ^^
Qual a tua Musica Favorita?: Automatisch und/oder Komm

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Dom Set 07, 2008 6:14 pm

Capítulo 198

Não conseguiu perceber quem ficou mais emocionado, se o Bill, se ela. O pequeno ecrã que mostrava os bebés já completamente formados e ambos já prontos para o parto nunca lhe pareceu um motivo para lágrimas, mas ele não estava a conseguir aguentar. Aguentou na mão dela enquanto o médico falava sobre todos os cuidados que ela deveria ter nesta recta final da gravidez. Sentia-se culpado por estar ausente tanto tempo quando ela mais precisava, mas também estava feliz por estar tudo bem.

~~~~~~~~~~~~~~~~~

Sofia chegou a casa já de noite. Sara estava sozinha no quarto, em frente ao computador e ao ver que a irmã estava ali, levantou-se.
- Então, como correu?
- A consulta, muito bem. - disse Sofia, sem conseguir esconder um sorriso. - ah e já agora, obrigada por te cortares à ultima hora.
- Eu achei que ias ficar feliz em vê-lo, mais do que se estivesse lá contigo..
- Não consigo perceber como é que ele conseguiu tirar o dia, no meio de uma tour..
- Bem, pelo que o Tom me disse, pouca gente sabia e acho que ainda barafustaram quando ele disse que não queria seguranças atrás dele..
- Olha, estou tão contente, tinha tantas saudades dele. Apesar de ele ter de voltar para junto da banda, soube-me mesmo bem o dia de hoje..
- E.. posso saber o que fizeram?
- Anda, eu conto-te…

~~~~~~~~~~~~~~~~~

Na manhã seguinte, Sara e Sofia estavam a tomar o pequeno almoço quando ouviram a campainha. Beatriz já estava com elas e Érica já tinha ido trabalhar.
Sofia ficou a olhar enquanto Sara abriu a porta, à cautela e falou com um homem que lhe entregou uma carta. Logo que ela voltou para a mesa, perguntou:
- O que é isso?
- Não sei, mas o envelope diz: ‘Der Deustcher Rechtsbezirk’’.
- Departamento Judicial Alemão..
Sara abriu o envelope e leu com atenção. A determinada altura levantou-se e deu uma volta à mesa, sempre de olhos fixos no papel. Quando acabou, pousou a folha sobre a mesa.
- E então? O que diz aí?
- É uma carta do tribunal.. O julgamento foi marcado. É daqui a dois meses..
- Mas vai ser mesmo aqui, na Alemanha?
- É o que está aqui escrito.
Sofia preferiu ler tudo.
‘É nosso dever informar que o julgamento referente à acção movida contra a cidadã francesa, actualmente residente em Portugal, Alinne Morais, foi marcado para o dia 18 do vindouro mês de Julho..’
Basicamente era isso.
- Calculo que a Alinne já deve ter recebido uma carta assim e parece-me que ainda vamos ter de olhar para a cara dela outra vez.
- Se isso custar-lhe uns bons tempos na cadeia, que seja. - disse Sofia.
O telefone de Sofia tocou e Sara prontificou-se em pegar na sobrinha ao colo, para que a irmã pudesse ir atendê-lo.
Era número privado.
- Estou? - a intuição levou-a a falar em português. - Lisete? Não acredito! Tudo bem?… Já?!… Por mim, tudo bem… Então quando tiveres tudo pronto, falamos melhor. Fica combinado, ahn? Xau, beijo.
Sara esperou que a irmã desligasse e perguntou:
- O que é que ela queria?
- A Lisete vem para cá e parece ser de vez.
- A sério?
- Pois é, ela disse-me que espera estar cá no máximo dentro de duas semanas.
- Bem, isso é que é ter pressa!

~~~~~~~~~~~~~~~~~

Uns dias mais tarde, Sofia andava a preparar a sua mala para que quando chegasse o dia de ir para a maternidade, estivesse tudo pronto. Estava a acabar de dobrar as primeiras roupinhas dos seus bebés, todas muito pequenas quando o telemóvel tocou. Ela virou-se e agarrou no aparelho. Era Lisete.
- Olá!
- Tudo bem Sofia?
- Mais ou menos. Depois de ter tanto medo do parto, agora quero mesmo é que ele chegue porque esta barriga já pesa demais!
- Já falta pouco.. Olha, tenho uma boa e uma má notícia.. Qual queres ouvir primeiro?
- A boa.
- ok, então era só para avisar que dentro de dois dias vou aí para a Alemanha.
- Já!? Que bom!
- Mas agora há a má notícia..
- Até tenho medo, é muito má..
- Mais ou menos.
- Vá lá, diz.
- A Alinne apareceu morta.
- O quê?
- Ela foi encontrada esta manhã por uma mulher que estava a passar na rua. Estava morta, mas não tinha ferimentos de arma, por isso ninguém sabe se foi suicídio ou homicídio. Não se fala noutra coisa pelos lados da Faculdade.
Sofia sentou-se.
- estás bem? - perguntou a amiga do outro lado.
- Sim. Mas que triste fim. Ainda há uns dias recebemos uma carta do tribunal, por causa do julgamento e agora, ela morre..
- Nem sei se devo dizer isto, mas vê as coisas pela positiva: ela nunca mais vai poder fazer-vos mal.
Sofia respirou fundo e sorriu.
- Ainda bem. Olha sendo assim, daqui a dois dias vamos buscar-te ao aeroporto.
- Nem penses nisso! Eu sei onde vocês estão, eu vou ter convosco. Não quero que esses bebés nasçam antes de tempo.
- Que parvoíce! Mas pronto, se preferes assim, vens cá ter ao apartamento.
- Vá, beijinho, xau.
Sofia desligou o telemóvel e ficou a pensar em tudo o que Lisete lhe tinha dito. Ainda lhe custava, mas a verdade era que a Alinne estava morta, depois de tantas maldades, foi-se!
Desceu devagar e foi dar com a irmã no chão brincando com a sobrinha.
- sara, a Lisete vem daqui a dois dias.
- A sério? Que bom, tenho tantas saudades dela!
- Ela disse-me que a Alinne morreu.
Sara franziu as sobrancelhas e largou a peça do jogo que tinha na mão.
- O quê?
- A Alinne, foi encontrada morta esta manhã.
- Mas como é que ela soube disso?
- O pessoal anda a falar muito nisso lá na Faculdade.
- Nunca ia imaginar que isto podia acontecer.
- Nem eu, enfim.
Na verdade, elas ainda ficaram pensativas por mais uns dias e quando Lisete finalmente veio para ficar ainda lhes contou mais pormenores. Parece que ela tinha entrado em certos negócios obscuros e foi mesmo assassinada. Uma dívida por pagar foi o motivo do crime. O culpado já tinha sido apanhado e esperava julgamento em prisão preventiva.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Nessa manhã, Sara acordou especialmente cedo, estava ansiosa. Daí a algumas horas o Tom chegava. Sim e o Bill claro, mas ela tinha tantas saudades do seu guitarrista.
Sentia-se uma criança pequena em dia de aniversário. Foi logo ao quarto da irmã e afastando as cortinas disse:
- Acorda!
Sofia remexeu-se, não gostava de ser acordada assim. Fez um esforço para não resmungar, andava especialmente rabugenta nos últimos dias.
- Já vou!
- Olha, eu vou começar a fazer o pequeno almoço, não te demores.
- Está bem..
Sara desceu e Sofia levantou-se. Antes de mais nada, tomar banho. Depois de ter finalmente despertado, apercebeu-se de que depois de tantos meses sem vê-lo nem estar com ele, ia tê-lo á sua frente outra vez.
Ao vestir-se, e sem querer deixou cair uma peça de roupa ao chão. Baixou-se e sentiu uma dor lancinante na barriga. Durante alguns momentos, não se conseguiu mexer sem sentir um forte aperto na barriga. Respirou fundo e esperou que passasse.
Em frente ao espelho enquanto se penteava sentiu outra vez. A mesma dor forte que atacou no mesmo sítio de antes. Respirou fundo e apertou os punhos. Estava a demorar mais que o normal. Sofia sentou-se na cama à espera que passasse.
Lá em baixo, ouviu música muito alta. Oh sim, Sara estava mesmo com o astral nas nuvens.
Sofia tentou levantar-se quando reparou num pequeno pormenor: os lençóis estavam molhados, a sua roupa também.
A realidade atingiu-a: as águas tinham acabado de rebentar.
Não teve muito mais tempo para pensar porque sentiu nova contracção.
Tinha de avisar a irmã, ela tinha de ir para a maternidade já!
Tentava manter a calma, mas aquilo custava imenso.
Sara na cozinha com Lisete estranhou que a irmã estivesse a demorar tanto tempo para descer. Sempre a sorrir e dançando ao som da música que se fazia ouvir por toda a casa atravessou o corredor e ia dizendo:
- Ó Sofia, demoras muito? Eu e a Lisete estamos cheias de fome! Tu disseste que n..
Ao entrar no quarto da irmã e vê-la sentada na cama, agarrada à barriga e com um esgar de sofrimento baixou-se rapidamente:
- O que aconteceu?
- Sara, as águas rebentaram. Eu tenho de ir já!
Sara concordou e ia a descer as escadas quando percebeu uma coisa. O seu carro tinha ido para a oficina.
- Oh scheisse, o que é que eu faço?
Desceu os degraus que faltavam e desligou a música. Lisete perguntou:
- Passa-se alguma coisa?
- A Sofia.. Acho que entrou em trabalho de parto.. E não temos carro para levá-la..
- É melhor chamar uma ambulância então.
- Fazes isso? Eu não quero deixá-la sozinha.
- Claro.
Lisete ligou para as emergências e esperou até que alguém a atendesse, enquanto sara voltou para cima.
- E então?
- As contracções estão cada vez mais frequentes. Acho que é mesmo para agora.
- Tem calma, a Lisete já chamou a ambulância.
Num dos intervalos entre contracções, sara desceu para saber se Lisete já tinha conseguido a tal ambulância.
- Porra, mas é que tentei o hospital e querem saber o número do processo dela.. E liguei para o 112 e têm as ambulâncias todas ocupadas.. E agora?
- Só nos resta uma coisa: vamos ligar á Érica.
Sara telefonou rapidamente e a irmã prometeu despachar-se.
Enquanto ela não chegava, Sara e Lisete fazia os possíveis por parecerem calmas, mas era difícil.
Viram o carro da Érica aproximar-se de casa e Sara foi abrir a porta.
- Então?
- Ela está lá em cima, no quarto dela.. Por favor despacha-te!
- Já tentaram ligar para a ambulância outra vez?
- O número está sempre ocupado.
- Então, pronto, levo-a no meu carro!
Érica subiu e ao deparar-se com a irmã em sofrimento, percebeu que estavam num contra relógio apertado. Só depois é que reparando no estado avançado de Sofia disse baixinho a Sara:
- Acho que não temos tempo para ir até ao hospital.
- Não?! Então o que vamos fazer…?
- Só temos uma única solução..
Sara ficou à espera, mas depois um raio atravessou-lhe a mente.
- Diz-me que não é aquilo que eu estou a pensar…

_________________


Well, I have to say that Tom and I have always been quite powerful together. We've always been together. We just compliment each other brilliantly. by Bill Kaulitz

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Super Mega fã dos Tokio Hotel
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 2583
Idade : 23
Localização : Açores x]
Profissão : Aulinhas^^
Hobbys : de tudo um pouco ;)
Data de inscrição : 28/03/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Todos
Qual a tua Musica Favorita?: todas *.*

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Dom Set 07, 2008 7:03 pm

Ho mi God a Sofia vai ter os bebes em casa.
HAAAAA tadinha.
BILL CHEGA RÁPIDO VAIS SER PAI.


A Alinne morreu WOOOW
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://irperes.hi5.com
Sweet@ngel
Fã TH 4 *
Fã TH 4 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 227
Idade : 23
Localização : Lisboa
Profissão : Estudante
Hobbys : Ouvir, falar, pensar, sonhar com os TH
Data de inscrição : 21/06/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Todos são importantes, mas o Tom chamou a minha atenção de uma forma diferente!
Qual a tua Musica Favorita?: Todas, sem excepção!

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Seg Set 08, 2008 5:17 am

Bill, a rapariga está já em trabalho de parto e tu, onde andas?!
Despacha-te rapaz, vais ser pai homem!!! xD

Alinne morreu?! Fim triste?! Oh nada disso, o fim foi muito bem colocado! (H)
Continuar é a solução?! Não duvides disso...

CONTINUA!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://misspower89.hi5.com
slb4evercrss
Fã dos Th
Fã dos Th
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 28
Idade : 24
Profissão : Estudante
Hobbys : Tocar piano, guitarra e jogar futebol
Data de inscrição : 29/07/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill, mas gosto de todos os outros tb
Qual a tua Musica Favorita?: By your side

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Seg Set 08, 2008 6:07 pm

aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii
já tá quase a acabar vouchorar


hehe o Bill vai ser papá XD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tokiohotel-4ever-fans.piczo.com
Su
moderador
moderador
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 4736
Idade : 26
Localização : algures perdida no mundo. Procura-me la
Profissão : MRPP
Hobbys : escrever :)
Data de inscrição : 02/01/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Não é dificil de se perceber
Qual a tua Musica Favorita?: In die Nacht, musica do melhor momento da minha vida

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Ter Set 09, 2008 4:16 am

OH MEU DEUS ELAS VÃO SER AS PARTEIRAS LOOL

_________________
Morning loneliness comes around
When I'm not dreaming about you
When my world wakes up today
You'll be in another town
And I knew when I saw your face
I'd be counting down the ways to see you
And you smile, that beautiful smile


Hey Tom
Do you know for how long am I loving you?
I wanna set you free.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/smiau
Lauraa.
moderador
moderador
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 27272
Idade : 25
Localização : Aqui mesmo =D
Hobbys : Mein lieber Tobi und sein lieber Vater <3
Data de inscrição : 20/03/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill ^^
Qual a tua Musica Favorita?: Automatisch und/oder Komm

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Ter Set 09, 2008 8:54 pm

Capítulo 199

- Vá, não temos muito mais tempo! Sara, lava bem as mãos e traz toalhas e lençóis limpos. Lisete, por favor fica com a Beatriz lá em baixo.
As duas desapareceram porta fora e depois Sara chegou com tudo o que a irmã tinha pedido. Sofia percebeu o que se estava a passar e ficou ainda mais nervosa.
- Sofia por favor, fica calma! Quando eu te disse tu empurras com força, está bem?
Estavam todas nervosas ali, duas porque nunca tinham sido parteiras na vida e a última porque estava a sofrer demais com aquelas dores.
- Agora, vamos! Empurra!
Sofia assim fez, uma e duas e três vezes.
- Vá lá, um deles está quase!
Sofia respirava depressa e sentia grande parte das suas forças se esgotarem depressa, demasiado depressa. Mas não podia desistir. Empurrou outra vez, até que ouviu. Era um choro, não de dor ou tristeza, o choro puro de uma criança acabada de nascer.
Sara embrulhou cuidadosamente o sobrinho.
- Ai, é um menino tão lindo!
Subitamente, o tempo pareceu andar mais devagar. Mas as dores não deixaram Sofia em paz.
Ainda faltava um bebé.
Todas as mulheres que já deram à luz gémeos dizem que o mais difícil é mesmo ‘abrir o caminho’ para o primeiro.
Saber que um dos seus filhos já estava cá fora apenas lhe deu mais força e ânimo para ajudar o outro a sair.
- Vá lá maninha, falta tão pouco.. - incitava Érica, ao ver a cara dela vermelha e suada.

O Bill e o Tom vinham de óculos de sol e riam-se bastante à medida que se aproximavam de casa. Ao abrirem a porta, cumprimentaram Lisete alegremente, antes sequer que ela lhes explicasse o que se passava.
Um choro estridente de bebé ouviu-se, vindo do andar de cima.
Bill virou os seus olhos lá pra cima e depois olhou para Tom. Os dois viraram-se para Lisete que tinha lágrimas nos olhos e sorria bastante.
Sara veio até à escada e gritou lá para baixo:
- Já está! Nasceram!
Bill mostrou intenção de subir, mas Tom impediu-o.
Sofia estava absolutamente esgotada. Não fora nada fácil, mas agora já estava tudo bem. A simples visão das suas irmãs com os seus pequenos rebentos ao colo fazia-a respirar de alívio..
Sara estava a limpar um deles e depois pegou-o ao colo. Depositou-o numa pequena alcofa.
- Menos mal que ela tinha isto aqui, senão..
Érica entregou-lhe o outro bebé.
- Leva-os daqui. Tenho de tratar dela.
Sara saiu do quarto, levando um bebé na alcofa e o outro ao colo. Ia devagar, porque queria olhar bem para eles.
Desceu os degraus bem devagar e só quando chegou ao ultimo patamar é que reparou em Bill e Tom.
A sua primeira reacção foi caminhar devagar até ao recém papá e entregar-lhe um dos meninos.
- Dein Sohn Bill.. (O teu filho Bill..)
Ele agarrou no bebé a medo.. Ainda estava nu, mas vinha envolvido num lençol branco.
Era igual a si. Loiro, como ele, em criança, pele clara, lábios carnudos e bem feitos, nariz redondo e perfeitinho. Deitou os olhos para o bebé que estava na alcofa. Exactamente o mesmo.
Parecia um repetir da história, vinte anos depois. Tom estava a sentir o mesmo que Bill, mas de uma maneira diferente, eram seus sobrinhos, mas sensibilizara-o o facto de serem tão parecidos um com o outro e ainda assim tão iguais ao pai e ao tio.
Bill sentou-se no sofá. Respirou fundo e deixou-se ficar sossegado a contemplar aquele pequeno clone seu…

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Na manhã seguinte, Sofia sentada na cama, depois da sua primeira noite como mamã passada a acordar de meia em meia hora. Eram quase nove da manhã.
Sara e Tom entraram com um enorme ramo de flores.
- Bom dia!
Sofia bocejou.
- Bom dia.. Ai, tenho tanto sono..
Tom estava à beira dos berços e franziu a sobrancelha. Abriu a boca, como se fosse falar, mas não disse absolutamente nada.
Bill entrou pouco depois. Deu um beijo nos lábios de Sofia e depois foi para o pé do irmão, junto dos berços.
Sara passou a mão pela testa da irmã e disse:
- Estão tão orgulhosa. Os teus bebés são lindos..
- Eles são tão parecidos com o Bill e o Tom, mesmo tendo alguns traços meus. São uns clonezinhos deles. -disse a mãe ‘babada’.
Tom pigarreou e todos olharam para ele.
- euhm, wie heissen sie? (Como é que eles se chamam?)
Bill e Sofia olharam-se.. Os nomes deles tinham sido mantidos em segredo durante toda a gravidez, nem Sara que estava todos os dias sozinha com Sofia, sabia!
Sofia pediu um dos meninos para o seu colo e Bill agarrou depois no outro.
- Alexander oder Alex - Sofia parou e olhou para o Bill que lhe deu um grande sorriso - und Thomas oder..
- Tom.
Ele acabara de ficar um tio ainda mais babado.

Spoiler:
 

_________________


Well, I have to say that Tom and I have always been quite powerful together. We've always been together. We just compliment each other brilliantly. by Bill Kaulitz

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
slb4evercrss
Fã dos Th
Fã dos Th
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 28
Idade : 24
Profissão : Estudante
Hobbys : Tocar piano, guitarra e jogar futebol
Data de inscrição : 29/07/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill, mas gosto de todos os outros tb
Qual a tua Musica Favorita?: By your side

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Ter Set 09, 2008 11:10 pm

aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

tenho pena q já teja a acabar. mas agora tbm quero saber o final XD


já agora, deste o nome "Alex" por algum motivo ou não ?
já q o Tom é o TOM :p
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tokiohotel-4ever-fans.piczo.com
Sweet@ngel
Fã TH 4 *
Fã TH 4 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 227
Idade : 23
Localização : Lisboa
Profissão : Estudante
Hobbys : Ouvir, falar, pensar, sonhar com os TH
Data de inscrição : 21/06/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Todos são importantes, mas o Tom chamou a minha atenção de uma forma diferente!
Qual a tua Musica Favorita?: Todas, sem excepção!

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Qua Set 10, 2008 1:38 am

Oh que lindo!!!!!!
Amo a tua Fic, sabes?!!!!
Linda, absolutamente!

Agora quero saber o final, estou ansiosa!
E como disse ali a slb4evercrss, tem algum motivo especial para um dos nomes ser "Alex"? Sou muito curiosa

Beijos e....CONTINUA!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://misspower89.hi5.com
Lauraa.
moderador
moderador
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 27272
Idade : 25
Localização : Aqui mesmo =D
Hobbys : Mein lieber Tobi und sein lieber Vater <3
Data de inscrição : 20/03/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill ^^
Qual a tua Musica Favorita?: Automatisch und/oder Komm

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Qua Set 10, 2008 8:02 pm

Spoiler:
 

Capítulo 200 - O grande final


Depois de ter saído da maternidade, Sofia foi viver com Bill e os seus meninos para a nova casa. Uma das primeiras coisas que fez foi registá-los. Seguindo a linha de raciocínio de Simone, Bill e Sofia chamaram-nos Alex e Tom: nomes curtos, só para o caso de precisar de chamar por eles muitas vezes..
Os primeiros três meses foram esgotantes, com Alex e Tom a acordarem de duas em duas horas durante a noite. Só depois começaram a dormir mais e a deixarem os pais dormir..
Quanto ás experiências com fraldas.. Sofia não estranhou em nada, costumava trocar as fraldas à sobrinha sem problema, mas quanto a Bill.. Era de certeza uma coisa nova!
Tom e Sara mudaram-se para a casa que ficava exactamente em frente. Nenhum deles conseguia ficar longe.
Quanto á banda, houve uma altura de grande tensão, em que se chegou a pensar que os Tokio Hotel iam passar a uma coisa do passado. Apesar de nenhum deles gostar de expor a sua vida privada, não conseguiam esconder as suas namoradas e o mais chocante para todas as fãs foi mesmo descobrir que o Bill já tinha filhos. Mas as fãs da banda não se resumiam a adolescentes ainda em fase de formação. As seguidoras mais velhas do grupo conseguiram compreender o que se passara e apesar da grande loucura ter ficado mais calma, não se apagou de todo.
Entre tours e gravações, Bill ia e vinha, mas fazia sempre questão de estar lá para a família. Ficou contente quando ouviu Alex chamá-lo de ‘Papá’ e contente quando o pequeno Tom começou a caminhar sem ajuda.
Sofia não quis ficar em casa, cuidando apenas dos filhos. Acabou os estudos e tal como Sara e Érica, preparava-se para tomar conta de uma grande percentagem das empresas até ali geridas pelos pais. Pais esses que iam voltar a Portugal, considerando-se demasiado cansados para mais negócios. Sempre que podiam, viajavam á Alemanha, para estarem com os netos.
Mal os seus meninos tinham três anos, entraram no infantário, Bill não queria que o facto de Alex e Tom serem filhos de uma super estrela os afastasse das outras crianças.
Eram extremamente simpáticos e risonhos e frequentemente os convidavam para festas de anos e idas á piscina.

Tom era muito prestável e divertido, curioso como tudo o que podia existir. Tinha uma imaginação enorme e estava frequentemente com ‘a cabeça na lua’. Adorava ouvir a voz do papá e pedia-lhe que lhe cantasse algo todas as noites, quase sempre a canção dos ‘Gummibären’. Desde cedo começara a desenhar e deixava toda a sua fantasia transbordar para o papel. Era também extremamente teimoso. Ninguém se esquece da tarde em que não saiu da mesa enquanto não soubesse escrever pelas suas mãos ‘Tom Kaulitz’. Era o mais amigo da sua prima, a Beatriz, que entretanto começara a frequentar a escola e gostava muito de brincar com ela, nem que isso envolvesse pentear Barbies e dar de comer a Nenucos.

Alex era um menino adorável, risonho e algo envergonhado. Adorava sujar-se e nada lhe era mais prazeiroso do que ir para o meio da lama durante uma tarde de chuva. Mesmo que depois ficasse doente e a mamã tivesse de dar-lhe chás e aconchegá-lo bem na cama. Era um pedacinho atrevido e uma das educadoras de infância contara-lhe que o tinha apanhado a levantar a saia a uma das suas colegas. O seu maior ídolo nesta vida era o tio, o Tom, que lhe ensinava muitas das coisas que sabia. Pedia inúmeras vezes para ir para o estúdio e quando ia, ficava de roda do tio, pedindo-lhe que lhe ensine a tocar guitarra, deixando-o todo vaidoso. Bill nunca disse nada, mas Sofia sabia que ele tinha uma pontinha de ciúmes dessa relação tão próxima.

Num dia, já no final de Junho, Sara e Sofia estavam a encaminhar as crianças para o jardim.
Era a festa dos cinco anos dos meninos e Bill tivera a ideia de fazer uma festa de máscaras. Iam contratar palhaços, mágicos e até haveriam pinturas faciais, mas o principal era que todos deviam ir disfarçados. Quem ficou encarregue pelos fatos dos aniversariantes foi Simone, a avó. Os seus dotes já tinham feito a mesma coisa pelos filhos e agora, ia fazê-lo pelos netos também.

Quando a meio de um jantar de família, em Loischte, ela perguntou a Tom de que queria disfarçar-se, ele não respondeu logo e ficou a pensar, mas quanto a Alex, olhou para a pessoa que mais o inspirava.
- Eu quero ir igual ao tio.
Todos deram uma gargalhada.
- Ó querido, tu não tens o cabelo do tio.. - disse Simone.
- Ponho uma peruca.. - disse ele piscando os olhinhos.
Nova gargalhada. Sofia já estava à espera de ouvi-lo pedir para fazer rastas.
- Este Alex.. - disse o Tom.
- E tu Tommy já sabes?
Ele abriu muito os olhos e depois disse:
- Quero uma fato negro como daquele do filme, o Tudor!
Num instante saltou da mesa e começou a correr pela sala, dando gritos de combate. Alex não perdeu a oportunidade e foi atrás dele.
Simone levantou-se e trouxe a sobremesa.
- Meninos, venham cá!
- O que foi avó? - disse Alex que vinha atrás do Tom.
- Quem foi que pôs o dedo na travessa da sobremesa?
Tom encolheu os ombros, mas Alex ficou muito vermelho e depois olhou para todos com carinha de anjo. A avó cruzou os braços e fez cara de zangada mas depois deu uma gargalhada.
Tom sentou-se na mesa, entre Sara e Sofia e esteve a comer, mas Alex evaporara-se outra vez.
- Até tenho medo quando eles desaparecem!
Ele voltou, já Tommy ia na terceira dose de mousse de chocolate. Trazia uma coisa atrás das costas.
- Tio..
Tom virou-se.
- Diz.
- Olha o que eu achei… - diz ele, tirando um skate detrás das costas.
- Olha, o meu primeiro skate!
- Ó tio.. - diz Alex, fazendo uns olhinhos ternurentos e olhando envergonhado para ele.
- Diz. - disse Tom.
- Podias ensinar-me a andar de skate?
- Não sei..
Alex saltou-lhe para o colo e disse:
- Eu prometo que nunca mais mexo nos balões de morango..
Tom franziu a sobrancelha.
- Balões de morango?!
- Sim, tu tinhas uns na gaveta do quarto..
Bill deu uma gargalhada estridente e logo depois, o resto da família fez o mesmo. Tom estava vermelho, mas ria-se.
- Sabes Alex, aquilo não são balões..
- Não são?!
- Anda, vamos andar de skate. - disse ele, cortando a conversa.
Pôs Alex às cavalitas e agarrando no skate, desapareceu.
Bill pouco depois levantou-se e foi ao seu antigo quarto. Nunca mais o usara, mas era incapaz de mudar o que quer que fosse ali. Pela janela viu Tom e Alex à beira da estrada, divertidos. Alex tentava equilibrar-se em cima do skate com a ajuda do tio e depois quando caía ria-se muito.
Bill ‘voltou ao quarto’ quando reparou que Tommy estava ali.
- O que foi querido?
- tenho sono.
Bill pegou nele ao colo e deitou-o na sua cama.
- Papá, conta-me uma história.
- Qual é a história que queres?
- Não sei.
Bill estava a pensar na história que ia contar, mas a atenção do menino voltou-se para um poster que estava colado num placard de cortiça.
- o que é aquilo?
- Ah, ‘Arthur und die Minimoys’! Foi um filme em que o papá entrou…
Tom não disse nada. Bill foi buscar o poster e pô-lo em cima da cama. Tom continuava a olhar para lá.
- É parecido contigo quando tens o cabelo em pé.
Bill riu-se.
- Pois, talvez..
Tom levantou-se de repente e desceu à procura da avó.
- Avó - chamava ele, puxando pelas roupas dela - eu quero ir assim para a festa.
E mostrou o poster. Simone sorriu e disse:
- Claro, meu amor.
Tom voltou a subir e deitou-se outra vez.
- Já podes contar a história..

Voltando á festa de anos, Alex parecia mesmo um mini Tom. Tinha umas calças largas, muito largas, uma t-shirt XL e no boné tinham sido cosidas tiras de ráfia, para que se parecessem com rastas. Ele estava inchado de vaidade, apesar de custar-lhe correr naqueles trajes.
O pequeno Tom tinha uma peruca branca na cabeça e umas roupas à Peter Pan. Estava idêntico ao ‘Arthur’ do filme e ria-se muito enquanto brincava com os amigos.
Sara e Sofia estavam a um canto, observando as crianças.
- O Tom vem cá ter depois?
- Vem. Quer passar por casa antes, por causa da…
- TIOOOO! - Alex larga a correr do outro lado do jardim. Tom riu-se porque ele estava incrivelmente parecido consigo.
- Parabéns Alex! Ena, estás mesmo igual a mim! Onde está o teu irmão?
- está ali.
O Tommy estava no topo do escorrega, pronto para descer. Acenou ao tio e veio ter com ele.
- Olá!
- Então, minimeu? Estás a gostar da festa?
Ele acenou com a cabeça sem nunca perder o sorriso e depois Tom disse:
- Venham ao quarto.
Os gémeos seguiram o tio e foram cada um para o seu quarto. Tom achou um embrulho sobre a sua cama.
- Yey!
Ao abrir, deparou-se com um set de pinturas.
- Tens aí lápis, feltros, ceras, guaches.. Só não os uses na parede, sim?
Ele abraçou-se à perna do tio e depois Tom foi ver a reacção de Alex.
- Abre o armário.
Ele assim fez e havia lá um estojo com um grande laço vermelho.
- vamos! Abre!
Ele tirou o laço e depois de abrir o estojo, deparou-se com uma guitarra. Não daquelas de brincar, mas uma A SÉRIO.
Os seus olhos brilhavam muito.
- Gostas?
- É linda.. Posso pô-la?
Tom, atrás dele ajudou-o a colocar a faixa sobre o ombro e disse:
- Agora quando eu não estiver, treinas na mesma.
O menino começou a dedilhar e depois parou.
- O que foi?
- Ó tio, eu tenho vergonha de perguntar uma coisa à mamã.
- O quê…?
- Como é que se fazem os bebés?
Oh sim, a pergunta clássica da infância e a dúvida de imensas crianças por esse mundo fora. Tom nunca tinha feito essa pergunta directamente aos seus pais, mas digamos que aprendeu depressa donde eles vinham. ; )
Respirou fundo e sentou-se na cama, com Alex ao colo.
- sabes, eu até contava a história da cegonha, mas como toda a gente sabe que é mentira…
- Tom, ele ainda tem cinco anos! - Sara surgiu na porta.
- Estavas aí?
- Cheguei a tempo de ouvir a ultima parte da conversa… Tem calma, conta uma versão light.. Ele ainda é muito novo para saber pra que servem os balões com sabor a morango, sim? - disse ela. - Alex, a avó chegou.
- Boa!
Ele desceu a escada com a guitarra.
Tom agarrou-se a Sara e disse:
- salvaste-me de boa!
- É que nem te passe pela cabeça falar de sexo ao miúdo. Ainda não sabe nada e já levanta as saias às colegas do infantário!
Tom riu-se e deu-lhe um beijo. Daí a nada, Alex e Tom estavam a percorrer o corredor com a prenda da avó. Ao ver os tios no quarto, Alex disse:
- Vamos, está na hora dos palhaços.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

“Parabéns a você, nesta data querida
Muitas felicidades, muitos anos de vida…”
Em frente aos gémeos, dois bolos idênticos e imensas velas acesas. Muitas crianças em redor e a família também estava lá.
“Uma salva de palmas! YEEEEEY!”
Ambos sopraram com força e apagaram as velas.
No meio daquela agitação dos miúdos, Bill e Sofia afastaram-se.
- Parece que foi ontem que cheguei da tour e percebi que os bebés estavam a nascer.
- Nunca imaginei que isso fosse acontecer. -disse Sofia.
- estão a crescer depressa.
- Demasiado depressa às vezes.. - disse Sofia apontando para Tommy que estava a inclinar-se para dar um beijo na boca de uma menina que lá estava.
Riram-se os dois e depois Bill disse:
- Amo-te sabias?
- É incrível como os anos passam e estou cada vez mais feliz… contigo.
Aproximaram as suas bocas uma da outra e iam beijar-se quanto Tom surgiu:
- Outra vez? Já não basta o tio Tom e a tia Sara..
Riram-se os dois.
- Posso dizer uma coisa?
- Diz, querido.
- Adorei a minha festa. Gosto muito de vocês.
De repente, Alex grita do jardim:
- Mamã! Papá! Tom! Vamos tirar uma foto juntos!

FIM

______________________________________________

E acaba assim a minha fanfiction, começada a 21 de Março deste ano.. Depois de cinco meses e meio, ufa!
Quero agradecer todos os comentários que fizeram, sentia-me mesmo bem a ler aquilo e incentivava-me a escrever mais e melhor.
Agora, tenho uma notícia, ou melhor DUAS... Não sei se serão boas ou menos boas..

1.- Daqui a uns dias começo a postar a minha nova mini fanfiction que terá o nome de 'Tokio Hotel- the strip club'
2.- Depois dessa mesma mini fanfic, estou a pensar em fazer uma espécie de encore desta: ou seja, vou escrever cerca de 10 - 15 capítulos de continuação. Em príncipio serão o Tom e o Alex os protagonistas.. O que acham da ideia?

Mais uma vez, quero agradecer-vos por tudo, por lerem, por comentarem, por terem paciência quando tive que fazer aquelas (chatas) paragens.. Mas eu cumpri e acabei a fic!
Chorei uma lagrimita teimosa ao escrever o último, mas estou ansiosa por continuar a partilhar convosco a minha escrita.

Muito obrigada do fundo do coração!

Laura

_________________


Well, I have to say that Tom and I have always been quite powerful together. We've always been together. We just compliment each other brilliantly. by Bill Kaulitz

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sweet@ngel
Fã TH 4 *
Fã TH 4 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 227
Idade : 23
Localização : Lisboa
Profissão : Estudante
Hobbys : Ouvir, falar, pensar, sonhar com os TH
Data de inscrição : 21/06/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Todos são importantes, mas o Tom chamou a minha atenção de uma forma diferente!
Qual a tua Musica Favorita?: Todas, sem excepção!

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Qua Set 10, 2008 8:21 pm

Oh meu Deus, amei!
Está linda, mesmo!!!

Não sei o que dizer...
Foi uma honra seguir esta Fic, para mim foi uma honra!
Não me arrependi de ter lido cento e tais capitulos seguidos, não me arrependi de nada!
Uma lagrimazita escorreu pelo eu rosto ao ler este capitulo, as saudades já batem à porta!!!

Devo dar os meros e sinceros parabéns, Laura, a fic está maravilhosa!
Parabéns e nada de agradecimentos ;)

Beijinhos e continua a escrever, porque eu estarei aqui para ler!
Fica bem!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://misspower89.hi5.com
Sweet@ngel
Fã TH 4 *
Fã TH 4 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 227
Idade : 23
Localização : Lisboa
Profissão : Estudante
Hobbys : Ouvir, falar, pensar, sonhar com os TH
Data de inscrição : 21/06/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Todos são importantes, mas o Tom chamou a minha atenção de uma forma diferente!
Qual a tua Musica Favorita?: Todas, sem excepção!

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Qua Set 10, 2008 8:23 pm

Primeira a comentar o último capitulo!!!!
Estou mais que honrada!!!

Mais uma vez...
Parabéns :)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://misspower89.hi5.com

Super Mega fã dos Tokio Hotel
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 2583
Idade : 23
Localização : Açores x]
Profissão : Aulinhas^^
Hobbys : de tudo um pouco ;)
Data de inscrição : 28/03/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Todos
Qual a tua Musica Favorita?: todas *.*

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Qui Set 11, 2008 1:32 am

HOOOOO Laura. Gostei tanto do fim, tão amoroso.

E os putos ai, que coisas tão fofas. *cutxy, cutxy*

Ainda be, que não vais deixar de escrever,
ainda me dava um a coisinha se não escrevesses mais.

PARABNES PELA FANFICTION COMPLETAMENTE LINDA. *.*


BEIJÃO
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://irperes.hi5.com
dévii. ^^
Fã TH 1 *
Fã TH 1 *
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 50
Idade : 24
Localização : One stupid island!
Profissão : Estudante
Hobbys : Ouvir música, PC, escrever... Seguir os meus sonhos... ^^
Data de inscrição : 12/06/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Tom... ^^,
Qual a tua Musica Favorita?: Não sei bem... É difícil de escolher... Acho que é a '1000 Meere' e a 'Übers Ende Der Welt' ^^

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Qui Set 11, 2008 2:29 pm

OMG! Eu fartei-me de chorar com este último capítulo.. MESMO! vouchorar
Foi mesmo mesmo lindo...
Não dava para conter as lágrimas nem o riso..
Principalmente quando:

Citação :
Alex saltou-lhe para o colo e disse:
- Eu prometo que nunca mais mexo nos balões de morango..
Tom franziu a sobrancelha.
- Balões de morango?!
- Sim, tu tinhas uns na gaveta do quarto..
Bill deu uma gargalhada estridente e logo depois, o resto da família fez o mesmo. Tom estava vermelho, mas ria-se.
- Sabes Alex, aquilo não são balões..
- Não são?!
- Anda, vamos andar de skate. - disse ele, cortando a conversa.

Weeee! Balões de morangos!!! xD
É melhor teres cuidado com os balões Tom... xD

E não era mesmo que o Tom já ia explicar de onde vinham os bebés... Ainda bem que a Sara apareceu... xD
O Alex e o Tom são tão queridos.. E o Alex.. Uma cópia do tio.. vouchorar
E o Tom está a ficar parecido ao pai.. vouchorar

Já estou a ver.. Alguém chama 'TOOMMMM!' e vêm os dois.. O grande e o pequeno.. xD

Citação :
- estão a crescer depressa.
- Demasiado depressa às vezes.. - disse Sofia apontando para Tommy que estava a inclinar-se para dar um beijo na boca de uma menina que lá estava.

Começa bem... xD

A fic ficou mesmo linda!
Todos ficaram como mereceram.. Sofia, Bill, Tom e Alex - A nova família, e o Tom e a Sara que continuam juntos e felizes! E a Alinne... WOOOW

E todos, os tios/pais/avós babadinhos pelo Tom e o Alex.. vouchorar

Spoiler:
 
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Citação :
1.- Daqui a uns dias começo a postar a minha nova mini fanfiction que terá o nome de 'Tokio Hotel- the strip club'
2.- Depois dessa mesma mini fanfic, estou a pensar em fazer uma espécie de encore desta: ou seja, vou escrever cerca de 10 - 15 capítulos de continuação. Em príncipio serão o Tom e o Alex os protagonistas.. O que acham da ideia?

1 - Tou desejosa para lê-la.. Essa mini-fic promete... xD

2 - Acho que é uma excelente ideia! Mesmo! sosweet Oyee WOOOW


Bem.. Desculpem o testamento... atrapalhado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
slb4evercrss
Fã dos Th
Fã dos Th
avatar

Barra de respeito às regras :

Número de Mensagens : 28
Idade : 24
Profissão : Estudante
Hobbys : Tocar piano, guitarra e jogar futebol
Data de inscrição : 29/07/2008

Tokio Hotel Quest.
Qual o teu Tokio Hotel Favorito?: Bill, mas gosto de todos os outros tb
Qual a tua Musica Favorita?: By your side

MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   Qui Set 11, 2008 5:23 pm

Realmente, a parte dos BALOES DE MORANGO é de génio XD

seta Adorei a tua fanfic . tá muito bem escrita , organizada. tens talento pra isto XD

espero q continues a por mais e uma continuação disto ñ faziam mal nenhum á gente, logo agora q as aulas tão a começar, sabe bem descontrair um bocado.

tá mesmo brutal a fic

PARABÉNS

WOOOW
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tokiohotel-4ever-fans.piczo.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Melodia Interrompida   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Melodia Interrompida
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 33 de 34Ir à página : Anterior  1 ... 18 ... 32, 33, 34  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Site para identificação de músicas por melodia
» TOCAR MELODIA NA PRIMEIRA POSIÇÃO , UTILIZANDO AS QUATRO CORDAS ???
» Por que uma melodia simples é assimilada tão facilmente?
» Harmonia da música x melodia da música
» Good Times - Chic

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Fanfics acabadas-
Ir para: